contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Homicídio no Piauí teve maior crescimento em 2013 e 2014

O Piauí teve um aumento de 32,4% nos assassinatos. Em segundo lugar, o estado gaúcho teve percentual de aumento de 21,1%.

| sexta-feira, 9 outubro , 2015

O Piauí teve o maior índice de crescimento nas taxas de mortes intencionais entre os anos 2013 e 2014, de acordo com dados do 9º Anuário de Segurança Pública. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (8). O estado gaúcho teve o segundo pior resultado do país.EASDASASAS

O Piauí teve um aumento de 32,4% nos assassinatos em apenas um ano. Em segundo lugar, o Rio Grande do Sul teve percentual de aumento de 21,1%. Os dados dizem respeito aos assassinatos por 100 mil habitantes. No Piauí, em 2013, a média foi de 17 mortes a cada 100 mil. Já em 2014, foram 22 homicídios por 100 mil.

O melhor resultado ficou com Roraima, que ao contrário da grande maioria dos outros estados brasileiros, teve queda nos índices de homicídio de 33,0%.

Além de Roraima, de 2013 para 2014 tiveram queda nas taxas os estados de Minas Gerais, Alagoas, Acre, Paraná, o Distrito Federal, Paraíba, Espírito Santo e Goiás.

De acordo com os dados divulgados, o Piauí teve um crescimento oito vezes maior que a média nacional, que foi de 3,8%. O Anuário revelou que Teresina foi a 6º capital mais violenta do Brasil em 2014.

Foram 450 mortes em um ano. Além disso, o Piauí apresentou o menor índice de investimento em segurança pública do país.

De acordo com o secretário de segurança do Piauí, Fábio Abreu, os baixos investimentos dizem respeito à gestão anterior. Ele declarou que desde que assumiu a SSP/PI, as melhorias na área têm sido ampliadas.

A assessoria de imprensa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública informou que os dados completos do Anuário serão divulgados nesta sexta-feira (9).

Fonte: Cidadeverde.com