contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Futuro secretário de segurança visita Picos e Bocaina

O deputado Fábio Abreu anunciou uma reforma emergencial na delegacia regional e instalação do Instituto Médico Legal em Picos

| segunda-feira, 16 fevereiro , 2015

Técnicos da Secretaria Estadual de Segurança visitam neste final de semana cidades do interior do Piauí com maior movimentação no carnaval. A equipe passou neste sábado (15) por Água e Branca e Floriano.

Jornalista Raí Júnior entrevista Fábio Abreu - Foto: Jonas Rocha

Jornalista Raí Júnior entrevista Fábio Abreu – Foto: Jonas Rocha

Em Água Branca, uma grande estrutura foi montada para garantir a segurança dos foliões. Ao todo mais 40 homens da Polícia Civil e 40 da Polícia Militar estão na cidade. “Recebemos reforço de municípios da região e de Teresina”, informa o delegado Tomaz de Aquino.

Em Floriano, o efetivo policial é maior. São 100 policiais militares diariamente nas ruas, além de 30 policiais civis e cinco delegados que se revezam em plantões na delegacia móvel e nas sedes dos distritos.

Além disso, a Polícia Militar destacou 1.018 homens de vários municípios do interior e da capital que ficarão responsáveis pelo reforço de cidades com maior número de turistas em decorrência das festas carnavalescas. Além do policiamento normal, 367 policiais reforçam a capital e 621 o interior do estado.

O futuro secretário de segurança, Fábio Abreu, esteve em Picos e Bocaina conhecendo a estrutura das polícias. Na cidade Modelo ele anunciou que a delegacia regional da Polícia Civil deve passar por uma reforma de emergência.

Fábio Abreu informou ainda que os equipamentos para o Instituto Médico Legal de Picos já foram adquiridos e o local onde estava sendo erguida a sede dos Bombeiros deve ser adequada para receber as instalação do IML.

O futuro secretário estadual de segurança, Fábio Abreu, acompanha as visitas e diz que o trabalho servirá para fazer um diagnóstico da estrutura do estado para o combate a criminalidade. “Estamos fazendo visitas, conversando com policiais e delegados para que possamos conhecer de perto a realidade e efetivar melhorias”, afirmou.