contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Fazenda da Esperança completa o 1° ano de fundação

Atualmente 12 pessoas estão em tratamento na Fazenda da Esperança de Picos e a meta do grupo é atender a 40 pessoas até o final de 2016.

| sexta-feira, 31 outubro , 2014

Todas as Fazendas da Esperança comemoram o seu ano de fundação com festa, convidando a sociedade para fazer parte desta comemoração. Sendo assim, o primeiro aniversário da Fazenda da Esperança de Picos será festejado com apresentações culturais, dentre elas, teatro, capoeira, música e momentos de oração. Inaugurada em Picos no dia 15 de setembro de 2013, o aniversário da mesma será festejado no dia 09 de novembro por conta do período eleitoral.fazenda_da_esperanca_diocese_picos-3444

Na sede da Fazenda Nossa Senhora dos Remédios, que está situada na Chapada da Lagoa Achada, zona rural de Itainópolis, a 38 km de Picos, dentro de um território de 111 hectares doados pela Diocese de Picos, após as apresentações culturais, será realizada uma missa às 16h presidida pelo bispo diocesano de Picos, Dom Plínio José Luz, com a presença de diversos padres. Juntamente com a festa de fundação, será comemorada ainda a festa de São Francisco, que é o patrono das Fazendas da Esperança.

A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica para tratamento de jovens que se tornaram dependentes químicos, com foco direcionado aos que desejam ficar livres do vício das drogas e do álcool. São três os pilares que fundamentam a metodologia da Fazenda da Esperança: a Espiritualidade – estudo e vivência diária da Palavra de Deus, o Trabalho – para a manutenção das pessoas em processo de recuperação e a Vida em Família.

Na fazenda, esta reclusão é chamada de “Experiência Franciscana”, porque é baseada no ideal de São Francisco de Assis, onde se vive a pobreza, a castidade e a obediência. Nesse período, o recuperando tem o trabalho como terapia ocupacional e de subsistência.

Atualmente 12 recuperandos estão em tratamento na Fazenda da Esperança de Picos e a meta do grupo é atender a 40 pessoas até o final de 2016. Para isso, está sendo construído um refeitório e mais uma casa deve ser construída. “A demanda é grande, a droga está inserida em todas as camadas da sociedade infelizmente. Ainda pela falta de espaço, mandamos muitos jovens para outras comunidades porque não temos como receber os jovens aqui em Picos”, disse Rômulo Braga Neiva, coordenador da Fazenda da Esperança.

Fonte: Folha Atual