contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Em greve, professores debatem demandas da categoria

Encontro foi realizado no plenário da Câmara e reuniu professores, sindicalistas e representantes da Secretaria de Educação

| quarta-feira, 16 março , 2016

Como parte das atividades programadas para os três dias de paralisação, dezenas de professores da rede municipal de ensino lotaram o plenário da Câmara Municipal de Picos na manhã desta terça-feira, 15. Na pauta do encontro discussão de propostas de interesse da categoria, como eleições diretas para diretores de escolas.Dezenas de professores participam de encontro em Picos.

O encontro foi organizado pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm) e faz parte das atividades alusivas à greve nacional da educação, que acontece nos dias 15, 16 e 17 de março. Presentes, professores, sindicalistas e representantes da Secretaria Municipal da Educação.

Vários temas foram debatidos durante o encontro, dentre os quais a qualidade da merenda escolar, que estaria deixando a desejar nas escolas municipais de Picos. Também foi discutida a criação do Conselho de Educação e a reorganização das unidades escolares.Presidente do Sindiserm abre o encontro.

Também na pauta do encontro eleições diretas para diretores de escolas. A proposta é defendida pelo Sindserm e vai de encontro ao que acontece atualmente em Picos, pois os diretores das unidades escolares são indicados por apadrinhamento político.

Os professores cobraram ainda a reformulação do Plano de Cargos, Carreira e Salários da Educação e discutiram a situação das creches municipais.Nutricionaista fala sobre a qualidade da merenda escolar.

Segundo a organização do evento, todos os temas em pauta são de interesse da comunidade e visam, principalmente, a melhoria da qualidade do ensino no município de Picos.

Programação

A programação segue nesta quarta-feira,16, com mesa redonda no auditório da Associação Comercial de Picos a partir das 14 horas. Na pauta, Fundo Nacional da Educação Básica (Fundeb) e Previdência Própria, este a cargo do auditor fiscal do Tribunal de Contas do Estado, Alex Sandro Leal Serão. Haverá ainda debate sobre conselho escolar.Sindicalista defende reformulação no Plano de Carreira da Educação.

Na quinta-feira, 17, a partir das 7h30, haverá panfletagem e ato púbico na praça Félix Pacheco, centro de Picos, com depoimentos de professores e sindicalista.

Reportagem José Maria Barros