contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Delegado indicia dois por execução de traficante

A prisão preventiva dos suspeitos foi decretada pela Juíza da 5ª Vara da Comarca de Picos, Nilcimar Araújo. Os dois já estavam presos por outro crime

| quarta-feira, 23 julho , 2014

A Polícia Civil de Picos concluiu nesta semana a investigação sobre a morte do desempregado Carlos da Silva Rocha, 27 anos. Duas pessoas foram indiciados de envolvimento no assassinato, ocorrido em 28 de março de 2014. A prisão preventiva dos suspeitos foi decretada pela Juíza da 5ª Vara da Comarca de Picos, Nilcimar Araújo.

Delegado Madson - Foto: Reprodução

Delegado Madson – Foto: Reprodução

Os indiciados pelo assassinato são: o empresário Antônio Marques Gomes Alves e o desempregado Edson Costa Lima, conhecido como ‘Zé Bedeu’. Segundo o delegado do 3º Distrito Policial, Antônio Madson, as armas de Zé Bedeu e Antônio Marcos, apreendidas na Operação Monte Carmelo, tiveram vinculação direta com o assassinato de Carlos Rocha.

“Através de laudos periciais do Instituto de Criminalística de Teresina constatou que os projéteis que foram extraídos do corpo da vítima e encontrados na cena do crime, segundo o perito, eles eram provenientes, dos dois revólveres que foram apreendidos no dia em que foi dado cumprimento a mandatos de prisão e de busca e apreensão que ocorreu na Operação Monte Carmelo, aqui em Picos no dia 09 de Maio”, disse o delegado.

Madson informou ainda que com a conclusão do inquérito, o Promotor Público responsável irá avaliar o caso e posteriormente ele vai encaminhar ao Poder Judiciário para que se ache conveniente receba a denúncia. Ou o Promotor poderá requisitar mais alguma diligência.

Carlos da Silva foi morto com vários tiros, próximo ao Motel Fama I, no bairro Ipueiras, na noite do último dia 28 de março.

Fonte: Riachão Net