contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Criminosos fazem “arrastão” em clínica odontológica

O crime aconteceu por volta das 14h desta segunda-feira (23) na Clínica Sorriso Fácil que fica na Avenida Getúlio Vargas

| terça-feira, 24 outubro , 2017

Um ex-presidiário identificado como Carlos Amaury de Sousa foi preso suspeito de participar de um arrastão na Clínica Sorriso Fácil, localizada na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de Picos, crime ocorrido por volta das 14h00min desta segunda-feira (23). A prisão aconteceu na Rua Nova Descoberta, no bairro São Vicente.

Durante o assalto os criminosos roubaram aparelhos de telefone celular e bolsas de clientes que estavam na clínica. Segundo o Comandante do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), Tenente-coronel, Edwaldo Viana, a guarnição que atendeu a ocorrência foi informada por um funcionário que depois do assalto os acusados fugiram pela Rua do Cruzeiro e em seguida subiram para o morro.

De posse das características dos assaltantes, os policiais da Força Tática fizeram diligências na Região e conseguiram localizar dois suspeitos que ainda tentaram fugir da abordagem.

“Amaury estava sentado juntamente com Mudinho, que estava com a mesma roupa citadas pelas vítimas, e ao serem verbalizados empreenderam fuga correndo para dentro da casa. Amaury foi contido ainda na residência, todavia ‘Mudinho’ não foi alcançado”, informou o Comandante do 4º BPM.

Conforme Edwaldo Viana, dentro da casa de Amaury os policiais encontraram três aparelhos de telefone celular e um revólver calibre 38 com cinco munições picotadas no culote, além de três aves silvestres. No local também havia pouco mais de R$ 200 reais em dinheiro, uma porção de substância análoga a cocaína, material para embalar droga e um soco inglês.

“Diante da situação foi dada voz de prisão e apreendido os objetos e levados a Central de Flagrantes para a confecção do auto de prisão em flagrante e a restituição dos bens as vítimas”, colocou o Comandante. Viana acrescentou que um terceiro acusado identificado como “Vagner”, também é suspeito de participar desse arrastão.

Fonte: Portal O Povo