contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

CAMPI supera metas para 2017 e realiza 12 mil consultas

A expectativa era realizar oito mil consultas, mas nem encerrou o ano e o centro de saúde já ultrapassou os 12 mil Atendimentos

| quarta-feira, 20 dezembro , 2017

O Centro de Assistência Médica de Picos (CAMPI/PI), mais conhecido como Policlínica, ao longo deste ano conseguiu atingir e superar as metas pré-estabelecidas pelo Banco Mundial para 2017. A expectativa era de quê durante os 12 meses fossem realizados oito mil consultas, mas nem encerrou o ano e o centro de saúde já ultrapassou os 12 mil atendimentos.  

Desde 2014, quando o CAMPI/Picos entrou em funcionamento foram realizadas mais de 35 mil consultas, com mais de três mil retornos. Somente exames de ultrassons foram mais de 400 desde que o serviço entrou em funcionamento há cinco meses.

Morador do Bairro Belo Norte, Claro Nunes Pimentel, foi referenciado pela Atenção Básica para atendimento especializado no Centro de Assistência Médica de Picos. Após a consulta com o nefrologista Thiago Luz, o paciente saiu satisfeito com o grau de humanização do serviço. “O atendimento para mim foi ótimo, fui bem recebido na recepção, o médico foi ótimo e não tenho nada reclamar”, destacou.

Na quinta-feira (14/12), foi realizado um encontro na sede do CAMPI/Picos, com a participação da Diretoria e representantes da Secretaria de Saúde do Estado (SESAPI), no qual foi apresentado o resultado dos serviços prestados durante o ano e foi constatado significativos os avanços.

Outra prova da excelência do serviço do CAMPI/Picos, segundo o Assistente de Planejamento, João de Sousa Lima, foi o resultado de uma pesquisa de satisfação realizada com os pacientes na qual 80% dos entrevistados se mostraram satisfeitos com o atendimento. “Na pesquisa estamos com 62% de ótimo e isso nos enaltece pelo serviço prestado, ofertamos 12 especialidades, serviço de ultrassom e pequenas cirurgias.”

Segundo a Diretora Geral do CAMPI/Picos, Enfermeira Milena Leal, os colaboradores tem  procurado desenvolver um trabalho pautado na Humanização, Planejamento, na Qualidade, na Resolutividade, no Conhecimento técnico, na Transparência, no Comprometimento, na Ética, no Respeito, na Credibilidade e no Aperfeiçoamento.

“O objetivo é contribuir para a qualidade de vida, fortalecimento da assistência especializada em atendimento aos anseios da população, que tem como lema: ‘sua saúde, nosso patrimônio’”.

O CAMPI/Picos

O CAMPI é uma organização social, sem fins lucrativos e Rege-se por estatuto, e os recursos necessários para a sua manutenção são obtidos por contrato de gestão firmado com o Estado do Piauí através da Secretaria de Estado da Saúde, e nos demais casos previsto no estatuto, e tendo o acompanhamento do Tribunal de Contas (TCE-PI).

O Centro de Assistência Médica Picos é administrado por uma diretoria, eleita pelo conselho de administração em Assembleia geral que conta com representantes da SESAPI, da secretaria de saúde de Picos, da associação Probrasil e da sociedade civil.  A Diretoria é formada pela Diretora Geral, Enfermeira Milena Leal; pela Diretoria Administrativa Financeira Enfermeira Glória Saunders; pelo Diretor Clínico, Médico Pascoal Gomes; e pelo Coordenador de Enfermagem, Enfermeiro Adriano Moura.

Especialidades

1. Ortopedia
2. Ginecologia
3. Nefrologia
4. Cirurgião geral
5. Pneumologia
6. Cirurgião vascular
7. Otorrinolaringologia
8. Gastroenterologia
9. Endocrinologia
10. Urologia

Exames/processos cirúrgicos

– Ultrassonografia

– Pequenas cirurgias

Além disso ainda tem a equipe multiprofissional formada por uma psicóloga, uma nutricionista, uma assistente social e dois enfermeiras.