contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Assaltantes levam mais de R$ 30 mil de supermercado

Os dois funcionários do Mercantil Sertanejo faziam o transporte de um malote quando foram abordados pela dupla criminosos armada

| segunda-feira, 14 julho , 2014

Mário Monteiro, dono do supermercado - Foto: Reprodução

Mário Monteiro, dono do supermercado – Foto: Reprodução

Uma ação ousada e audaciosa foi registrada no início da tarde desta segunda-feira (14) em Picos. Em pleno Centro da cidade e a luz do dia dois homens armados com revólveres assaltaram um funcionário e um segurança de um supermercado que fazia a escolta e roubaram a quantia de R$ 30 mil 922 reais em dinheiro. O roubo aconteceu na Praça Josino Ferreira, próximo a loja de revendas de celulares ‘Picos Cell’.

Os dois funcionários do Mercantil Sertanejo faziam o transporte de um malote quando foram abordados pela dupla criminosa. “Eles chegaram correndo um foi para cima do segurança e outro para cima de mim. Aí mandou o segurança deitar e ele deitou emborcado com a mão no pescoço. E eu ainda entrei em um estabelecimento aí ele correu para cima de mim. Aí ele disse que se eu entrasse ele atirava. Aí eu parei. Aí ele mandou eu jogar o malote no chão. Aí foi e eu joguei. Eles pegaram e saíram correndo pegaram a moto e saíram. Eles mim xingaram demais, de cara safado, de irresponsável e de safado”, contou ainda bastante abalado o funcionário, Odair José.

Para o empresário proprietário do supermercado, Mário Monteiro, a ação foi planejada haja vista que os funcionários fazem diariamente esse percurso em direção ao banco. Ele descreveu os assaltantes como sendo dois homens magros, morenos, de baixa estatura, com pesos aproximados entre 60 e 65 quilogramas cada. Os dois usavam capacete na hora do crime.

“E tinha alguém do outro lado da praça que os deu apoio e fugiram de moto. Não temos maiores informações e as pessoas para se preservarem também não se dispõe a dar informações a respeito dos bandidos certamente pelo temor de uma reação por conta da ação desenvolvida”, finalizou Mário Monteiro.

Fonte Rodeador News