contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Acusado de matar esposa é preso após 16 anos

O crime aconteceu no dia 20 de julho de 1997, na localidade Canto Alegre, zona rural do município de Padre Marcos

| terça-feira, 24 dezembro , 2013

A Polícia Civil prendeu no município de Dom Eliseu, sudeste do Pará, um homem identificado por Heleno Francisco da Silva, acusado de ter assassinado a companheira há 16 anos.

Heleno Francisco da Silva, acusado de ter assassinado a companheira há 16 anos. – Foto: CidadesnaNet

Heleno Francisco da Silva, acusado de ter assassinado a companheira há 16 anos. – Foto: CidadesnaNet

Segundo narra a denúncia do Ministério Público, o fato aconteceu no dia 20 de julho de 1997, na localidade Canto Alegre, zona rural do município de Padre Marcos. Com uma espingarda bate bucha, de fabricação caseira, Heleno disparou contra a esposa Edileusa Maria da Conceição. A vítima não resistiu às lesões e morreu, deixando órfã uma criança de quatro meses.

Na época, Heleno chegou a ser capturado pela Polícia Militar na zona rural do município de Simões, e confessado o crime. Em liberdade, Heleno fugiu e teve o mandado de prisão decretado pela Justiça do Piauí e permanecia, desde então, na condição de foragido, refugiado no Pará, onde montou nova residência e passou a trabalhar em fazendas situadas no sul e sudeste do Estado.

Após uma investigação minuciosa feita pelos investigadores da Polícia Civil, o acusado foi identificado. Heleno mantinha residência no município de Dom Eliseu havia aproximadamente seis meses. De acordo com o delegado Vinicius Medeiros, titular da Delegacia de Dom Eliseu, o foragido foi capturado na zona rural denominada Km 11.

O cumprimento do mandato de prisão foi informado à Justiça do Piauí e Heleno foi transferido e apresentado na Penitenciária João de Deus Barros, no município de Picos, na última sexta-feira (20). A transferência do mesmo foi realizada por Oyama Carneiro, da Delegacia de Polícia Civil de Jaicós, e pelo sargento Emerson, comandante da Unidade de Polícia Militar de Padre Marcos.

Fonte: CidadesnaNet