contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Acusado de matar criança de oito anos é condenado

Martim Borges da Silva deve cumprir a pena, a princípio, em regime fechado na Penitenciária “José de Deus Barros”

| sexta-feira, 8 abril , 2016

Em um julgamento que teve início às 9h45 da manhã de ontem e varou a madrugada desta sexta-feira, 8, o Tribunal Popular do Júri da Comarca de Picos condenou o réu Martim Borges da Silva a 14 anos e 8 meses de reclusão. A pena, a princípio, deverá ser cumprida em regime fechado na Penitenciária Regional “José de Deus Barros”.adadadadO réu foi acusado de assassinar com um tiro de espingarda o garoto Isaac José Luz de Sousa, de apenas oito anos de idade. O crime ocorreu no dia 3 de março de 2014, na rua Justino Macedo, bairro Pedrinhas, Zona Leste de Picos e teve ampla repercussão.

A sessão do júri foi presidida pela juíza Nilcimar Rodrigues de Araújo. Na acusação a representante do Ministério Público Estadual, promotora de justiça Itanieli Rotondo Sá, auxiliada pelo assistente Maycon Luz. A defesa ficou a cargo dos advogados André Luís Lage e Luiz Fernando Muniz, ambos de Araripina-Pernambuco.

Durante os debates a acusação sustentou a tese de homicídio doloso, com intenção de matar. A defesa tentou desqualificar para crime culposo, quando não existe a intenção de matar. O Conselho de Sentença, composto por seis homens e uma mulher, acatou, por maioria, a tese da acusação e o réu foi condenado a 14 anos e 8 meses de reclusão.

Diante de um auditório lotado de familiares e amigos do garoto Isaac, a juíza Nilcimar Rodrigues de Araújo leu a sentença por volta das 2h20 desta sexta-feira.

Condenado, Martim Borges da Silva, de 41 anos, foi recambiado de volta para a Penitenciária Regional “José de Deus Barros”, em Picos, onde está preso desde março de 2014.

Embora a sua tese não tenha sido acatada pelo Conselho de Sentença, o advogado de defesa André Lages disse que não vai recorrer da decisão. Segundo ele, a aplicalidade da pena foi correta e o réu acatou o resultado do júri.

Fonte: Jornal de Picos