contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Themístocles vai a Brasília tratar sobre criação de hospital universitário em Parnaíba

Também irá tratar sobre a expansão do IFPI em mais 10 municípios, incluindo a cidade de Teresina, um na zona Norte e outro na zona Sul, além da conclusão da BR-222

Redação | quinta-feira, 30 novembro , 2023

O governador em exercício do Piauí, Themístocles Filho, viajará a Brasília nesta quinta-feira (30) em busca de investimentos para o estado, entre eles a construção de um hospital universitário, desta vez, na cidade de Parnaíba. Também irá tratar sobre a expansão do Instituto Federal do Piauí (IFPI) em mais 10 municípios, incluindo a cidade de Teresina, com um campus do Instituto na zona Norte e outro na zona Sul da capital, além da conclusão da BR-222.

5a412af9-7771-4371-844e-14740b938d7a.jfif

Em Brasília, Themístocles Filho terá uma reunião com o ministro da Educação, Camilo Santana. “Amanhã teremos uma reunião com o ministro e levaremos essa pauta importante, que é a construção de um hospital universitário na cidade de Parnaíba. Com certeza isso irá ajudar os estudantes e a população”, disse.

Ainda de acordo com o governador em exercício, outra pauta que será tratada é a expansão do IFPI em 10 municípios piauienses. “O IFPI é uma instituição de ensino superior de qualidade, que oferece cursos técnicos e tecnológicos gratuitos. A ampliação do Instituto no estado vai contribuir para a democratização do ensino superior, ampliando o acesso à educação no estado”, concluiu.

Sobre a conclusão da BR-222, Themístocles Filho terá uma reunião com o ministro dos Transportes, Renan Filho. A importante rodovia interliga os estados do Piauí, Maranhão, Ceará e Pará. Segundo o governador em exercício, faltam apenas 90 km de asfalto para concluir a rodovia no estado do Piauí.

“Vamos buscar recursos para obras importantes para o desenvolvimento do Piauí, a construção do hospital universitário de Parnaíba, a ampliação da rede IFPIs e a conclusão da BR-222 são prioridades do Governo do Estado”, completou.