contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Suspeito de fornecer armas para criminosos é preso

Policiais da Força Tática patrulhavam o local quando se depararam com um homem, identificado como Marcos Diógenes

| segunda-feira, 13 novembro , 2017

Policiais que faziam uma incursão na Vila Barão, na Região dos morros do bairro Bomba, flagraram seis pessoas com duas armas de fogo e munições. O grupo estava dentro de uma casa. O flagrante aconteceu por volta de 01h30min de sábado (11).

De acordo com informações do 4º BPM (Batalhão da Polícia Militar), homens da Força Tática patrulhavam o local quando se depararam com um homem, identificado como Marcos Diógenes, saindo de uma casa. As informações dão conta ainda que ao avistar os policiais ele dispensou um objeto em direção ao interior do imóvel. O suspeito foi revistado, mas nada foi encontrado.

Os policiais decidiram então adentrar a residência e foram confrontados pela proprietária, Rita da Silva Santos, que é mais conhecida com “Ritinha”, que exigiu a apresentação de um mandado de busca. No entanto, diante das circunstâncias verificadas a equipe decidiu entrar na casa mesmo sem a ordem judicial. E as suspeitas se confirmaram.

Conforme o 4º BPM, além de “Ritinha”, outras quatro homens estavam dentro da casa. Eles foram identificados como Odaildo Araújo dos Santos, William Pinto Rodrigues, Washington Francisco da Costa e Justo Cinobilino de Oliveira Junior. No imóvel foram encontrados dois revólveres calibre 32, um com seis munições intactas e outro cinco balas não deflagradas, uma faca, dois aparelhos de telefone celular, quatro cachimbos, material para embalar drogas, dois capacetes, um alicate, uma chave de moto e a quantia de R$ 7 reais.

O tenente, Joel Moura, do 4º BPM, informou que a proprietária da casa, “Ritinha”, foi autuada em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. “Essa mulher que foi presa é que fornece armas para os elementos cometerem os assaltos e a casa dela também funciona como ponto de uso de drogas e depósito de objetos furtados e roubados. A Rita já havia sido presa esse ano por assalto a mão com uma arma de fogo”, concluiu o Oficial da PM.

Fonte: O Povo