contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Robert Rios deixa secretaria de segurança

James Guerra vai ocupar o cargo interinamente, embora haja indícios de que ele permaneça na pasta no governo de Zé Filho

| segunda-feira, 31 março , 2014

Robert Rios vai para ALEPI - Foto: O Dia

Robert Rios vai para ALEPI – Foto: O Dia

Será publicada, amanhã (01), a exoneração do deputado estadual Robert Rios (PDT) da Secretaria de Segurança Pública e a nomeação do atual delegado geral da Polícia Civil, James Guerra, para ocupar o cargo interinamente, embora haja indícios de que ele permaneça na pasta durante o governo de Zé Filho (PMDB).

A informação foi confirmada por Robert Rios, que já deixou a secretaria hoje e reassume sua vaga da Assembleia Legislativa do Piauí para tentar reeleição. “Esse será um ano de muitos debates, devido às eleições”, afirma o deputado quando questionado sobre projetos de atuação na Alepi.

Outro que também volta a ocupar sua cadeira de deputado estadual, a partir de hoje, é o deputado estadual João Mádison (PMDB), que ocupava o cargo de ouvidor geral do Estado.

Além dois parlamentares, pelo menos mais oito secretários deverão deixar seus cargos até o dia 04 de abril, prazo final estabelecido pelo Código Eleitoral para desincompatibilização dentro das pastas do Governo do Estado.

Delegado James Guerra - Foto; O Dia

Delegado James Guerra – Foto; O Dia

As secretarias de Defesa Civil, ocupada pelo deputado estadual Ubiraci Carvalho; Mineração, de Edson Ferreira; Desenvolvimento Econômico, de Warton Santos; Governo, de Wilson Brandão e Educação, de Átila Lira, também deverão ser desocupadas uma vez que os gestores devem se candidatar à reeleição.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Rubem Martins, e o presidente do Idepi (Instituto de Desenvolvimento do Piauí), Elizeu Aguiar, também pretendem se candidatar a uma vaga na Assembleia Legislativa e deverão se afastar dos cargos até o dia 4 de abril. A pretensão do presidente do Iapep (Instituto de Assistência e Previdência do Estado do Piauí), Flávio Nogueira, é de buscar uma vaga na Câmara Federal, o que lhe fará também se afastar do cargo.

As pastas deverão ser ocupadas por nomes indicados pelo novo governador, Zé Filho (PMDB), que se tornará chefe do executivo estadual, com a saída do atual gestor Wilson Martins (PSB), pré-candidato ao senado.

Reportagem: Nayara Felizardo e Francicleiton Cardoso/ O Dia