contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

River é surpreendido e perde para o América

Depois do primeiro tempo sem gols, mesmo com o domínio do River, o tricolor - na volta- sofreu três gols do time potiguar

| segunda-feira, 30 maio , 2016

Na tarde deste domingo (29), o América, de Natal (RN), surpreendeu o River e venceu o time piauiense por 3×2, em pleno estádio Albertão, em Teresina. A partida foi válida pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.riveer8989898

Depois do primeiro tempo sem gols, mesmo com o domínio do River, o tricolor – na volta do intervalo – sofreu três gols do time potiguar, sendo dois de Elias e um de Luís Eduardo. A reação riverina só aconteceu após a entrada do meia Júnior Xuxa, que fez um gol e deu passe para outro, de Vanderlei. Os dois jogadores dividiram a torcida, que aplaudia os autores dos gols, enquanto vaiava o técnico Capitão pelas falhas que levaram o Galo a sua primeira derrota na Série C.

A partida contou com 3.552 torcedores pagantes e teve renda de R$ 56.210 mil. O River fez promoção, com ingressos a R$ 10 em um dos setores e esperava uma presença maior do público.

Depois do empate fora de casa na estreia, na segunda-feira passada (23), com o Fortaleza (1 a 1), o time piauiense entrou em campo com mudanças. O técnico Capitão colocou o novato Renan Oliveira como titular na lateral esquerda. Naylson voltou para o gol. Reserva no jogo anterior, Edu Amparo substituiu Júnior Xuxa no meio do campo.

Um desfalque de última hora forçou o Galo a mudar a equipe minutos antes do início do jogo. O atacante Eduardo sentiu a perna direita no aquecimento e foi substituído por Fabinho.

O América veio a Teresina após vencer o rival ABC (RN) por 1 a 0 na estreia das duas equipes no torneio. Mas a equipe continua a demonstrar os sinais das mudanças recentes. Depois de perder a final do Campeonato Potiguar por 4 a 0 para o próprio ABC, o clube demitiu boa parte dos jogadores. Os novos nomes ainda buscam entrosamento. A postura da equipe do técnico Sérgio China foi claramente defensiva no primeiro tempo.

A partida

As melhores chances de gol do jogo foram do River, depois da parada técnica. Aos 23 minutos, por conta do calor, a arbitragem autorizou que o jogo fosse interrompido para a reidratação dos jogadores. Minutos depois, Edu Amparo deu passe para Vanderlei, que ficou sozinho na frente do goleiro Daniel, mas não conseguiu fazer o gol.

No final do primeiro tempo – aos 48 minutos – o goleiro Daniel, do América, apareceu novamente e salvou para linha de fundo a cobrança de falta do lateral Tote. Na cobrança do escanteio, o zagueiro Índio cabeceou a bola e por pouco não abriu o placar.

No recomeço da partida, no primeiro minuto, Edu Amparo chutou de fora da área e acertou a trave. No rebote, o goleiro Daniel defendeu o chute de Esquerdinha. A falta de competência tricolor nas finalizações foi castigada aos 4 minutos. Igor chutou fraco e de longe, mas a bola desviou no gramado, chegou quicando e enganou o goleiro Naylson: América 1 a 0.

Aos 9 minutos, quando a defesa do Galo falhou na marcação, a bola foi cruzada do lado direito e Elias subiu na pequena área, marcando o segundo gol de cabeça.

O técnico Capitão começou a promover mudanças. Na lateral esquerda, onde houve falha no segundo gol, Renan Oliveira foi substituído por Jadson, que era titular na posição. O volante Rogerio também saiu e deu lugar ao atacante Diego Lira.

Aos 19 minutos, o América chego livre mais uma vez, agora pelo lado direito da defesa tricolor. No cruzamento, Luís Eduardo subiu com facilidade e cabeceou para o gol. Torcedores do River começaram a ir embora. Elias ainda acertou o travessão aos 23 minutos, com um chute de fora da área.

Reação riverina

Do lado do River, o meia Esquerdinha foi vaiado enquanto tocava na bola, até ser substituído por Júnior Xuxa, aos 26 minutos. Na primeira bola de Xuxa, deu tudo certo. Ele chutou do meio do campo e deixou Vanderlei sozinho na cara do gol: 3 a 1. Seria o início da reação tricolor?

Era a reação, sim. Aos 34 minutos, em jogada que começou com Júnior Xuxa do lado direito, o River trocou passes na grande área do América e a bola sobrou para o próprio Xuxa, que diminuiu o placar para 3 a 2. A torcida gritou o nome do meia e trocou as reclamações por apoio ao time.

Aos 43 minutos, Vanderlei dividiu bola com um jogador do América e o juiz marcou falta e puniu o atacante com cartão amarelo. Ao reclamar, o jogador do River foi expulso, deixando o Galo com um jogador a menos a poucos minutos do fim da partida.

O resultado

Com a vitória por 3×2, o América chega a seis pontos ganhos em dois jogos e assume a liderança isolada do grupo A da Série C. O River caiu para as últimas posições e continua com apenas um ponto ganho.

Na próxima rodada, o River enfrenta o Remo (PA), no dia 5 de junho, domingo, às 19h, no estádio Albertão. Já o América (RN), só entra em campo no dia 6 de junho, segunda-feira, às 20h, quando recebe o Fortaleza (CE), em Natal (RN).

Fonte: Cidadeverde.com