contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Qualifica Piauí já capacitou quase três mil pessoas em 2023

O programa é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc), em parceria com a empresa Upgrade

Redação | quarta-feira, 27 setembro , 2023

Em nove meses, o programa Qualifica Piauí já capacitou 2.851 pessoas em 27 municípios do Estado, levando 10 cursos, através de 10 unidades móveis. O programa é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc), em parceria com a empresa Upgrade.

A secretária da Sasc, Regina Sousa, ressalta que, de forma itinerante, o programa qualifica pessoas que estão desempregadas. “São jovens e adultos que são qualificados para competir no mercado de trabalho”, acrescenta a gestora. Regina Sousa ressalta ainda que as pessoas que concluem os cursos se cadastram no Sine e algumas já saem com uma vaga garantida no mercado de trabalho. “Lembro que fomos entregar certificados na Colônia Agrícola Major César e alguns concludentes não foram receber o certificados porque já estavam trabalhando como pedreiros”, relatou a secretária.

O superintendente do Trabalho, Renda e Inclusão Social, José Barros, ressalta a importância de levar os cursos para as comunidades rurais e não concentrá-los na zona urbana dos municípios. Ele conta que é uma forma de levar qualificação para mais pessoas e oportunizar a que elas cheguem ao mercado de trabalho, principalmente aquelas que moram na zona rural e que têm dificuldade para ir aos centros urbanos.

Este ano o programa já fez 94 atendimentos de qualificação profissional, totalizando 218 turmas nos cursos de mecânica de motos, eletricidade básica, refrigeração residencial, corte e costura básico, cabeleireiro básico, construção civil, além das unidades multicursos, que ofertam os cursos de técnicas de vendas, qualidade no atendimento, informática básica e mídias sociais.

Maria da Cruz Vieira de Sousa fez os cursos de Técnicas de Vendas e Qualidade no Atendimento na unidade de multicurso que estava no Assentamento José Constâncio, em Palmeirais, a 117 km de Teresina. “Os cursos aumentaram meu conhecimento, aprendi como administrar uma venda e a colocar preços nos produtos. Foi muito bom. E agora quero fazer o curso de corte e costura, porque é o meu sonho aprender a usar uma máquina para fazer roupas. Hoje, costuro à mão e quero ter as técnicas de corte e costura.”

Além de Maria da Cruz, outras 75 pessoas receberam os certificados dos cursos de técnicas de vendas, mídias sociais, qualidade no atendimento e informática básica no Assentamento José Constâncio no último final de semana.

Por Geneide Santos