contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Projeto vai fazer levantamento da Hanseíase em Picos

Aproximadamente 100 novos casos são diagnosticados por ano na região. 60% dos pacientes são da cidade de Picos

| domingo, 27 setembro , 2015

O lançamento oficial do Projeto IntegraHans aconteceu no auditório do Centro de Treinamento Diocesano – CTD e contou com a participação do secretário municipal de saúde, José Venâncio, do coordenador Municipal do Programa de Controle da Hanseníase, Gilberto Valentim, da assessora da NHR Brasil, Margarida Maria Araújo Praciano, do coordenadora geral do Projeto IntegraHans, Telma Evangelista; representando a Universidade Federal do Piauí, Campus de Picos,  professora Suyanne Freire  e do representante do 3º Batalhão de Engenharia e Construção – BEC, o tenente médico Rafael Rohr.

User comments

Secretário de Saúde teve no lançamento do projeto 

“Hoje é o lançamento do projeto, mas na verdade a equipe já vem trabalhando nesse projeto desde o inicio deste ano, agora hoje é o lançamento oficial, porque nós precisamos dar conhecimento a população, nós precisamos mostrar o que já foi feito ate agora, precisamos dizer o que é este projeto, que benefícios ele traz para a sociedade de Picos, para os usuários do SUS, para os serviços de saúde”, destacou a professora Drª Telma Evangelista.

Lançamento oficial do projeto IntegraHans

O evento contou com a participação do Grupo Cultural Adimó, que proporcionou ao público presente apresentações de danças populares. Em seu discurso o secretário municipal de saúde destacou a importância da pesquisa para o município, tendo em vista o índice de hanseníase em Picos e que continuará apoiando de forma significativa o projeto. “Nós enquanto secretaria e a sociedade picoense temos muito a ganhar com um projeto desta magnitude, todos os profissionais de saúde estarão empenhados com esta pesquisa”, afirma o secretário.

Apresentação do Grupo Cultural Adimó.

As oficinas de formação direcionadas aos profissionais da saúde do município, como médico, enfermeiro, dentista, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo, assistente social e acadêmicos, tiveram inicio na ultima quinta – feira, 23, e seguem até o próximo domingo. Após o término, o próximo passo será as ações de intervenção da Hanseníase, diagnóstico precoce e tratamento para reduzir os casos da doença no município.

Foto: Marcos Valerio

“Estamos realizando a oficina de preparação para coleta de dados do projeto da hanseníase, ou seja, da pesquisa operacional, no primeiro dia o professor Drº Alberto Novaes explicou o que é a pesquisa, metodologia e como irá acontecer à pesquisa, os participantes estão passando por um  treinamento especifico que chamamos de nivelamento, estamos treinando o pessoal para o preenchimento dos instrumentos, do exame clinico dos pacientes”, Coordenador Municipal do Programa de Controle da Hanseníase, Gilberto Valentim.

User comments