contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Piauí melhora o Ensino Médio, mas piora o fundamental

Os resultados divulgados nesta sexta-feira mostram, também, que o Piauí subiu de posição no ranking nacional. Com média de 3,0 pontos, o Estado subiu cinco posições

| sexta-feira, 5 setembro , 2014

Dados divulgados nesta sexta-feira (05), pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), mostram que o Piauí conseguiu cumprir a meta estipulada pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para o ano de 2013. Dados dizem respeito ao Ensino Médio.ideb_piaui5555

Se for contar apenas a rede estadual de ensino, que detém 80% das matrículas do país, apenas cinco estados estão acima da meta projetada para 2013 para o ensino médio: Amazonas, Piauí, Pernambuco, Goiás e Rio de Janeiro. Um estado igualou a meta: Mato Grosso do Sul. Os outros 20 estados mais o Distrito Federal ficaram abaixo da meta esperada.

A pesquisa mostra, ainda, que nove Estados melhoraram o Ideb em relação a 2011 no ensino médio da rede estadual. Goiás (subiu de 3,6 para 3,8), Rio Grande do Sul (de 3,4 para 3,7), de Rio de Janeiro (de 3,2 para 3,6), Pernambuco (3,1 para 3,6), Rondônia (de 3,3 para 3,4), Espírito Santo (de 3,3 para 3,4), Distrito Federal (de 3,1 para 3,3), Piauí (de 2,9 para 3,0), Paraíba (de 2,9 para 3,0).

Os resultados divulgados nesta sexta-feira mostram, também, que o Piauí subiu de posição no ranking nacional. Com média de 3,0 pontos, o Estado subiu cinco posições e, agora, ocupa a 17ª posição empatado com Amazonas e Paraíba. A variação da nota piauiense foi de 3,4% comparando os resultados aos do ano de 2011.

Ensino fundamental
Já neste grupo, o Ideb mostra que 60% das redes públicas do Brasil estão abaixo da meta nos anos finais do fundamental. Considerando só as redes estaduais, só 41,8% dos estados atingiram a meta do Ideb 2013 nos anos finais do fundamental. Considerando só as redes municipais, só 35,8% delas atingiram a meta.

No caso específico das redes estaduais, 75,7% dos municípios atingiram a meta. No caso das redes municipais, essa porcentagem foi de 69,7%.

No ensino fundamental, as redes estaduais com os melhores desempenhos nos anos iniciais (1º ao 5º ano) foram Minas Gerais e Paraná (6,2 pontos), Goiás (6,0), São Paulo e Santa Catarina (5,7). Apenas Roraima (3,6) e Acre (3,8) ficaram abaixo da média.

Nos anos finais (6º ao 9º) ano, os melhores índices foram de Minas Gerais (4,7), Goiás (4,5), Acre e São Paulo (4,4) e Mato Grosso (4,2). Noves redes estaduais ficaram abaixo da meta projetada: Roraima, Pará, Amapá, Tocantins, Piauí, Sergipe, Santa Catarina, Mato Grosso e Distrito Federal.

Fonte: Cidade Verde