contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Piauí aguarda 1,2 bilhão para investimentos em obras

Apesar da crise econômica que se estende em todo o país, a expectativa é de melhorias nas finanças do Estado no 2° semestre.

| segunda-feira, 1 fevereiro , 2016

Apesar da crise econômica que se estende em todo o país no ano de 2016, a expectativa é de melhorias nas finanças do Estado no segundo semestre. Em entrevista a tv da capital, nesta segunda-feira (01/02), o secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, destaca que estão previstos investimentos de R$ 1, 2 bilhão, que serão aplicados em obras e mobilidade urbana, estradas, Saúde, Educação e Desenvolvimento Rural.sasasasa

“A gente gostaria de ver no segundo semestre, a repercussão de medidas que devem ser tomadas agora. Esperamos que a situação do Executivo com o Congresso melhore para que essas medidas sejam aprovadas e a sociedade sinta esta repercussão positiva no fim do ano. O primeiro semestre vai ser de muita dificuldade, mas no Piauí, temos a operação de crédito do Banco Mundial que está prevista para ser aprovada no Senado ainda em fevereiro, o que significa mais de R$ 1,2 bilhão”, disse.

Parte do crédito do Banco Mundial, cerca de R$ 800 milhões, deve ser liberada no final do mês de abril.”Assim teremos novas obras que impactam na vida da sociedade”, acrescenta.

O secretário ressalta ainda que a situação do tesouro estadual- recursos investidos nas despesas correntes como folha de pagamento, custeio de órgãos- permanecerá em dificuldade. “Tivemos o crescimento das despesas no ritmo da inflação e não vamos ter esse crescimento na receita. Porém, vindo o dinheiro do Banco Mundial, o tesouro estadual poderá se ocupar dele com as despesas correntes”, explica.

Campanha “A Nota Piauiense Vale uma Nota”

Durante entrevista, Rafael Fonteles também comentou sobre as novas regras da campanha “A Nota Piauiense Vale uma Nota. Segundo o secretário, as alterações visam democratizar o sorteio. Mais de 120 mil pessoas já cadastraram o CPF.

“O mesmo CPF agora só poderá ser sorteado uma vez e outro limitante é o número de cupons que serão no máximo dez por cada compra. As mudanças são para democratizar os sorteios”. As mudanças são válidas para o sorteio que acontece a partir do mês de fevereiro.

Fonte: Cidadeverde.com