contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Novo cronograma do concurso da PM deve sair em 45 dias

Segundo o Nucepe, a prova objetiva deve acontecer até a primeira quinzena de fevereiro de 2014

| terça-feira, 3 dezembro , 2013

Após o cancelamento da primeira etapa do concurso público da Polícia Militar, o Núcleo de Concurso e Promoção de Eventos da Universidade Estadual do Piauí (Nucepe/Uespi) informa que o novo cronograma do certame deve ser divulgado em um prazo de 45 dias.

Cancelamento foi oficializado ontem (2) (Foto:Divulgação)

Cancelamento foi oficializado ontem (2) (Foto:Divulgação)

De acordo com Jorge Martins Filho, presidente do Nucepe, a probabilidade é que a nova prova objetiva seja aplicada até a primeira quinzena do mês de fevereiro do próximo ano. “Nós iremos refazer todo o processo de construção da nova prova e isso leva tempo. Contudo, estamos trabalhando para acelerar todo esse trâmite”, afirma.

O presidente do Nucepe informa ainda que a alteração irá interferir nas demais etapas do concurso, que estavam previstas para serem concluídas até julho do próximo ano. Além disso, Jorge Filho ressalta que os candidatos que estavam inscritos, e faltaram a prova no último domingo (1º), estão aptos a fazerem a nova bateria de questões.

O cancelamento da prova objetiva do concurso da Polícia Militar foi confirmado nessa segunda-feira (2), através de portaria conjunta da Secretaria Estadual da Administração (Sead) e Comando Geral da PM-PI. O documento esclarece que a decisão foi tomada para garantir a lisura do concurso ainda que não tenha ocorrido vazamento das provas e nem de gabaritos. Porém, a Operação Certame, deflagrada pela Polícia Civil no último domingo, flagrou uma tentativa de fraude do concurso, que resultou na prisão em flagrante de cinco pessoas em Teresina e seis em Pìcos.

Vale ressaltar que o edital do concurso oferta 430 vagas, sendo 400 para o cargo de soldado e 30 para a função de oficial da PM-PI. Os salários variam de R$2.047,63 a R$3.897,04. As novidades do certame podem ser acompanhadas através do site do Nucepe.