contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Nerinho pode concorrer a prefeitura de Picos

“Nunca escondi o meu desejo de ser prefeito de Picos, mas não pode ser só por vontade própria." disse o deputado durante mobilização de apoio a presidente Dilma.

| quarta-feira, 22 outubro , 2014

O deputado estadual José Icemar Lavor Neri, o Nerinho (PTB), reeleito no dia 5 de outubro para o quarto mandato consecutivo na Alepi, conversou com a imprensa de Picos na manhã desta quarta-feira (22) e confirmou que mantém aquecido o sonho de ser prefeito do município.

Foto: Maria Moura

Foto: Maria Moura

“Nunca escondi o meu desejo de ser prefeito de Picos, mas não pode ser só por vontade própria. Primeiro é preciso um partido, eu tenho; segundo, é preciso o apoio dos partidos, não só de um, e isso eu não conversei com ninguém; terceiro e mais importante: Eu sou coligado com o prefeito Kleber Eulálio. Nós temos uma coligação até 31 de dezembro de 2016”, disse ele.

Nerinho negou que já tenha conversado com Kleber Eulálio sobre uma possível candidatura em 2016 e rebateu a especulação de que esteja costurando alianças nos bastidores. “Nunca conversei com o prefeito Kleber Eulálio sobre isso”, afirmou.

Filho do ex-prefeito José Neri, o parlamentar agradeceu a votação recebida nas urnas da cidade e disse estar feliz e satisfeito por ir para o quarto mandato fazendo parte, pela primeira vez, da bancada governista. “Vou trabalhar muito pelo Piauí e em especial por Picos. Vai ser a hora de eu retribuir o que o povo já fez por mim nos meus três mandatos anteriores”, prometeu.

Na disputa entre os parlamentares de Picos nas urnas da cidade, Nerinho aparece em terceiro lugar na disputa com um total de 6.417 votos (16,9%), atrás apenas do deputado estadual eleito Severo Eulálio (8.351) e da deputada Belê Medeiros (7.167), que não conseguiu a reeleição.

PRESIDÊNCIA DA ALEPI

O deputado confirmou que está na disputa pela presidência da Alepi a partir de 2015 com outros companheiros da própria sigla. “Em se tratando de partido, quando se tem o maior partido da base do governo, é natural que a indicação do presidente seja daquele partido. O PTB vai tratar deste assunto, o PTB vai tentar sem sombra de dúvida vai pleitear essa vaga. Coloco sim meu nome à disposição, mas deixando bem claro que tudo isso vai se tratar de um entendimento com o governador Wellington Dias que nós não tratamos ainda”, ponderou.

Interrogado sobre a união do partido em torno do seu nome, Nerinho disse que há outros interessados na vaga e que ainda haverá rodadas de diálogo em torno de um único nome a ser defendido e apoiado pela sigla.

Fonte: Grande Picos