contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Idosa de 62 anos é estuprada por dois homens

O crime ocorreu no início da semana. Segundo o delegado Janilson Coutinho, antes do crime, a idosa e os suspeitos estavam juntos em uma casa

Redação | sexta-feira, 8 dezembro , 2023

Uma idosa de 62 anos foi vítima de um estupro coletivo na cidade de Monte Alegre do Piauí, a 786 km de Teresina. Os suspeitos são um jovem de 19 anos e o amigo de 16 anos, que confessou o crime para a Polícia Civil do Piauí. Além da violência sexual, a mulher sofreu agressão física em várias partes do corpo como no rosto, mama e braços.

O crime ocorreu no início desta semana. Segundo o delegado Janilson Coutinho, que investiga o caso, antes do crime, a idosa e os suspeitos estavam juntos em uma casa.

“Os três estavam juntos na casa do suspeito de 19 anos, bebendo e se divertindo. Por volta de 22h, a idosa disse que ia embora e eles disseram que iam acompanhá-la. Mas no meio no caminho, desviaram, jogaram a idosa em um matagal, rasgaram a roupa e a calcinha e cometeram o estupro. Enquanto um a segurava, o outro cometia o estupro e se revezavam”, disse o delegado.

Durante a violência, os suspeitos ainda amordaçaram a vítima, para impedir que pedisse socorro, e colocaram o joelho na boca dela. Na tentativa de escapar, a idosa foi agredida a socos.

Após o crime, a vítima foi deixada próximo à residência. Ela e os agressores moravam a poucos metros de distância.

Segundo o delegado, o suspeito de 19 anos atribui o crime ao adolescente. Já o menor de idade não nega o caso e conta com detalhes.

TENTATIVA DE HOMICÍDIO

Segundo o delegado, após o crime, os dois retornaram para casa do suspeito maior de idade. “Lá eles tiveram uma discussão, mas não revelaram o motivo. Nisso, o adolescente deu uma facada no amigo, na região do abdominal, e a polícia foi acionada. Durante as diligências descobrimos o crime de estupro contra a idosa”, explica Coutinho.

O suspeito de 19 anos permanece internado e a Polícia Civil já representou pela prisão. Ele deve responder por estupro qualificado por lesão corporal grave e corrupção de menores. Contra o adolescente, que além do estupro deve responder por tentativa de homicídio, foi representado pela internação.

Fonte: Cidade Verde