contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

IBOPI: Dilma tem aprovação de 59% no Piauí

Segundo a pesquisa, 47% dos piauienses aprovam a forma do governador Wilson Martins (PSB) administrar o estado

| sexta-feira, 13 dezembro , 2013

A aprovação do governo da presidente Dilma Rousseff (PT) no Piauí é a terceira maior do Brasil. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (13) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Instituto Brasileiro de Opinião Pública (Ibope), que pela primeira vez também avaliaram as gestões estaduais.

dilma-ibope1111

O percentual de aprovação do Governo Dilma no Piauí e Ceará é de 59%, menor apenas que no Amazonas (64%) e Roraima (63%). A média nacional é de 43%. Na outra ponta do gráfico, 26% dos ouvidos no Distrito Federal avaliam como boa ou ótima a gestão.

Também foi avaliada a maneira de governar de Dilma Rousseff, aprovada no Piauí por 69% dos ouvidos, percentual igual ao do Pará e menor que Rondônia (72%), Paraíba e Amazonas (70%). A média nacional é 56%.

A confiança no governo de Dilma Rousseff chega a 70% no Piauí e Ceará. Em Rondônia, esse percentual é de 72%. No Brasil, o valor é de 52%.

Governadores
A forma do governador Wilson Martins (PSB) em gerir o Piauí tem 47% de aprovação, segundo a pesquisa. A aprovação geral do Governo é de 32%. No Nordeste, o governador é o quinto, enquanto no Brasil ele ocupa a 16ª posição entre os gestores.

O governo melhor avaliado é o do Amazonas: 84% aprovam a maneira de governar de Omar Aziz (PSD). No Nordeste, só Pernambuco (Eduardo Campos – PSB – 76%), Paraíba (Eduardo Coutinho – PSB – 54%), Ceará (Cid Gomes – Pros – 52%) e Bahia (Jaques Wagner – PT – 50%) ficaram acima dos 48% da presidente Dilma Rousseff.

Wilson Martins ainda aparece melhor que os governadores do Maranhão (Roseana Sarney – PMDB – 46%), São Paulo (Geraldo Alckmin – PSDB – 41%) e Rio de Janeiro (Sérgio Cabral – PMDB – 32%).

Os piores do Brasil na avaliação são os gestores do Amapá (Camilo Capiberibe – PSB – 26%), Distrito Federal (Agnelo Queiroz – PT – 16%) e Rio Grande do Norte (Rosalba Ciarlini – DEM – 13%).

Ficha técnica
A pesquisa foi feita entre 23 de novembro e 2 de dezembro, com eleitores de 16 anos ou mais. Foram feitas 15.414 entrevistas em 727 municípios, sendo 2.002 entrevistados em amostra nacional. No Piauí, foram ouvidas 504 pessoas.

A margem de erro para os dados nacionais é de 2% para mais ou menos. Nos resultados dos estados, de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, a margem é de 3%. No Piauí e demais unidades federativas, a margem varia para 4%.

Fábio Lima/ cidadeverde.com