contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Homicida em liberdade volta a ser preso em Picos

Ele estava em regime condicional desde o ano passado e, segundo a Polícia, estaria cometendo crimes em Picos e região

| domingo, 31 janeiro , 2016

Condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato do jornalista Francisco Antônio da Silva, Tantonho Silva, o mecânico Jader de Moura Coqueiro (29) voltou a ser preso na manhã deste domingo, 31 de janeiro. Ele estava em regime condicional desde o ano passado e, segundo a Polícia, estaria cometendo crimes em Picos e região.coqueirtidodododo

Informações da Polícia Militar dão conta de que Jader Coqueiro fora flagrado com drogas por uma equipe do 4º BPM. Autuado em flagrante, deverá ser recambiado para a Penitenciária Regional “José de Deus Barros”, onde ficará à disposição da justiça.

A Polícia informa ainda que neste domingo, no momento da prisão, Jader estava em uma residência no bairro Passagem das Pedras, vendendo drogas. Foram apreendidas dentro da casa duas balanças de precisão, quatro trouxinhas de maconha e uma pedra de crack. O acusado e o material apreendido foram encaminhados ao distrito policial da região.

Na operação, equipes da Força Tática deram cumprimento a um mandado de prisão expedido contra Jader, acusado de matar o jornalista Tantonho Silva, crime ocorrido em 7 de maio de 2007 durante uma tentativa frustrada de assalto.

Condenado a 20 anos de prisão, Jader Coqueiro cumpriu oito anos da pena e ano passado saiu da cadeia em regime condicional. Fora das gradas, segundo a polícia, ele teria praticado vários assaltos nas cidades vizinhas. No mês de dezembro foi preso por policiais militares em Santo Antônio de Lisboa, mas liberado em seguida.

Fonte: José Maria Barros – Jornal de Picos