contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Homem é preso após tentativa de homicídio

Paulo Francisco de Sousa está sendo acusado de duas tentativas de homicídio em São João da Canabrava

| terça-feira, 11 fevereiro , 2014

Um homem identificado como Paulo Francisco de Sousa, de 28 anos, foi autuado em flagrante na cidade de São João da Canabrava por tentativa de homicídio.

Paulo Francisco de Sousa, de 28 anos. (Crédito: Portal O Povo)

Paulo Francisco de Sousa, de 28 anos. (Crédito: Portal O Povo)

A primeira tentativa aconteceu no sábado (08), quando o acusado se desentendeu com um cliente de um bar na cidade e tentou agredi-lo com uma garrafa de vidro, após ser detido por populares, o acusado usou um paralelepípedo para quebrar o painel da moto que pertencia ao dono do estabelecimento como forma de retaliação.

“Ele teve uma confusão com um rapaz e pegou uma garrafa para matar o outro rapaz, meu compadre tomou a garrafa para não deixa-lo matar. Eu estava abastecendo o freezer do bar e não tinha nada a ver com o problema, quando encostei a moto nova que eu comprei, ele pegou um paralelepípedo e estourou o painel da moto, daí procurei o delegado e prestei a queixa”, explicou a vítima Marcel Vicente.

No dia seguinte o dono do bar recebeu informações que o seu filho de 9 anos estava sofrendo ameaças de Paulo Francisco de Sousa, indo busca-lo imediatamente. “Quando eu vou chegando de volta ao comércio ele saiu do meio das bancas com uma faca para tentar me matar, a faca caiu e ele ainda conseguiu me agredir no rosto”, acrescentou.

De acordo com o Soldado Franco, que atua no município, Paulo Francisco de Sousa está sendo acusado de duas tentativas de homicídio, a primeira contra um cliente do bar e a segunda contra o proprietário.

“Nós realizamos a busca e localizamos o acusado no povoado Curralinho, demos voz de prisão e conduzimos à Central de Flagrantes, ele já tem cerca seis passagens no distrito por tentativa de homicídio, lesão corporal e ameaça”, disse.

O Soldado acrescentou que mesmo detido na Central de Flagrantes, o acusado ameaçou a vítima e a Polícia Militar.

“Ele continua ameaçando a Polícia Militar e a própria vítima, dizendo que independente de passar dez ou trinta anos, vai se vingar de todos autuaram ele e que se envolveram na confusão”, acrescentou.

Fonte: Portal O Povo