contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

HGV realiza 1ª cirurgia de retirada de cálculo renal a laser

A diretora-geral do HGV, Nirvania Carvalho, explica que é mais uma técnica utilizada pelo hospital para uma recuperação rápida e um tratamento efetivo dos cálculos

Redação | sexta-feira, 1 março , 2024

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realizou, nesta quinta-feira (29), a primeira cirurgia de ureterroreno flexível, que consiste em utilizar um aparelho que fragmenta o cálculo renal a laser. A paciente beneficiada tinha apenas um rim e o médico optou pela cirurgia menos invasiva para uma melhor segurança.

A diretora-geral do HGV, Nirvania Carvalho, explica que é mais uma técnica utilizada pelo hospital para uma recuperação rápida e um tratamento efetivo dos cálculos.

“Agora podemos oferecer aos nossos pacientes uma opção mais segura e eficaz para o tratamento do cálculo renal, graças aos investimentos que estão sendo realizados pelo Governo do Estado através da Secretaria da Saúde com aquisição de novos equipamentos”, explica a gestora.

Como é o caso da dona de casa, Maria do Socorro, de 50 anos, que sofria com fortes dores com um cálculo renal. “Eu não aguentava mais de tanta dor, fui em várias unidades de saúde e me mandaram para o HGV, porque somente aqui resolvia meu caso, mas graças a Deus fui operada ontem (29) e já estou quase de alta”, comemorou.

O cirurgião, o urologista Benjamim Carvalho, destaca que este momento é de grande importância para a saúde do Piauí. “A paciente beneficiada possuía rim único e com um cálculo de 1.1 no rim. Fizemos a cirurgia toda sem cortes, usando tecnologia mais moderna que existe no mercado, com menor risco de complicações para a paciente. A partir de agora, podemos dar maior resolutividade aos casos de cálculos cirúrgicos no HGV”, destacou o médico.

A equipe que participou da cirurgia foi composta pelo cirurgião, Benjamim Carvalho; o anestesiologista, Marcus Gonçalves; os residentes Danilo Fernandes e Victor Manfrinni e a instrumentadora, Durvalina Gonçalves.

Para o superintendente de Média e Alta Complexidade, Dirceu Campêlo, o HGV segue avançando em procedimentos de alta complexidade. “Com os investimentos que estão sendo feitos, o HGV avança a cada dia no atendimento à população com procedimentos complexos que beneficiam o paciente, principalmente em sua recuperação”, afirmou.