contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Governo vai investir R$ 30 milhões na agricultora familiar

Os alimentos adquiridos serão encaminhados para escolas públicas, com a finalidade de oferecer uma alimentação variada e saudável

| domingo, 29 novembro , 2015

A Secretaria do Desenvolvimento Rural realizou nesta sexta-feira (27), no auditório da SDR,o I Encontro de Planejamento de Execução do Programa de Aquisição de Alimentos para 2016.O objetivo do encontro é a melhoria do acompanhamento das ações do PAA no Piauí.

Francisco Limma, secretário da SDR

Francisco Limma, secretário da SDR

Os alimentos adquiridos com  recursos do MDA são encaminhados para escolas públicas, com a finalidade de oferecer  uma alimentação variada e saudável aos alunos na merenda escolar  ou doados para instituições que abrigam pessoas em situação de insegurança alimentar.“Nosso objetivo é tornar estas ações mais transparentes e fazer com que os representantes dos movimentos envolvidos neste segmento sejam cada vez mais participativos, pois eles são a motivação  do programa”, pontuou a diretora do PAA, Aline Alencar.

O Secretário da SDR, Francisco Limma, informou que só este ano foram atendidos 5.553 agricultores em todos os 11 Territórios do Piauí, de Cristalândia a Luzilândia, na região do Entre Rios e de Cocais. “Um total de 127 municípios do Estado com um recurso de R$ 18 milhões de reais. Para 2016 nossa expectativa é de atender 8.000 homens e mulheres do campo com recursos da ordem de R$ 30 milhões de reais”, concluiu Limma

Como  funciona

A SDR realiza parcerias com os municípios através da Emater, Sindicatos e Fetag, que são os responsáveis por cadastrar os agricultores aptos a acessar o Programa. É necessário que os agricultores e agricultoras tenham o DAP, a declaração de aptidão do PRONAF que o identifica como agricultor(a) familiar, que é emitida pelo Ministério do desenvolvimento Agrário (MDA).

Para fazer parte do PAA, é  necessário que os agricultores tenham uma produção excedente, ou seja, a sobra dos produtos que tira para o seu consumo e de sua família.

Para mais informações, procure a Secretaria de Agricultura do seu município, escritório do Emater ou Sindicatos.