contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Gil Paraibano declara apoio a Elmano Férrer

A decisão de apoiar Elmano foi tomada por Gil Paraibano logo após ele aderir à candidatura a governador do senador Wellington Dias

| terça-feira, 26 agosto , 2014

O que era apenas especulação agora é realidade. O ex-prefeito de Picos, empresário Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (PMDB), confirmou o seu apoio à candidatura ao Senado Federal do ex-prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB).

Ex-prefeito de Picos Gil Paraibano confirma seu apoio à candidatura de Elmano Ferrer ao Senado

Ex-prefeito de Picos Gil Paraibano confirma seu apoio à candidatura de Elmano Ferrer ao Senado

No último final de semana, Gil Paraibano e várias lideranças que integram o seu grupo político acompanharam o senador Wellington Dias (PT), candidato ao governo, e o ex-prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB), que postula uma vaga ao Senado, em visitas a três municípios da região.

Gil Paraibano e seus aliados posaram para fotografias ao lado do candidato ao Senado, Elmano Férrer, colocando um ponto final na possibilidade de votar no ex-governador Wilson Martins (PSB), que também busca conquistar uma cadeira de senador pelo Piauí.

A decisão de apoiar Elmano Férrer para o Senado foi tomada por Gil Paraibano logo após ele aderir à candidatura a governador do senador Wellington Dias (PT) no início deste mês.

Logo que soube da decisão, o ex-governador Wilson Martins (PSB) procurou Gil Paraibano em sua revendedora de automóveis, em Picos. Na oportunidade, o ex-prefeito de Picos confirmou o apoio à candidatura de Elmano Férrer ao Senado e explicou os motivos.

Segundo uma liderança próxima a Gil Paraibano, ele teria ficado chateado com o ex-governador Wilson Martins por este não ter atendido a maioria dos seus pedidos quando este ocupava o Palácio de Karnak e ele, Gil, o Palácio Coelho Rodrigues.

Também teria pesado na decisão de Gil Paraibano, o fato de Wilson quando governador não ter participado da campanha de Belê Medeiros (PSB) nas eleições municipais de 2012, mesmo pertencendo ao mesmo partido que ela. Na época, o então governador ficou em cima do muro e Kléber Eulálio (PMDB) terminou se elegendo prefeito de Picos.

Fonte: GP1