contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Fetag denuncia gravidade da estiagem no Piauí

Os municípios da região Sul e semiárido são os mais atingidos pelos efeitos da seca que tem prejudicado o abastecimento d'água.

| quinta-feira, 4 setembro , 2014

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Piauí (Fetag) diz que a situação da seca no Piauí é grave. Segundo a federação, as barragens que ainda possuem reservas são inacessíveis aos pequenos agricultores. Os municípios da região Sul e semiárido seriam os mais atingidos pelos efeitos da estiagem.carropipa55

De acordo com o diretor de assalariados rurais da Fetag, Manoel Simão, as barragens não estão servindo aos agricultores. “Existem muitas barragens no Piauí, mas não existe distribuição das reservas de água. Algumas ficam em terrenos particulares e os agricultores não tem acesso porque os donos fecham as portas. Elas não servem”.

Ele disse que a instituição está visitando os municípios do Estado e tem constatado a situação grave em que se encontram muitos deles.

Em relação ao pagamento do Seguro Garantia Safra, que deveria iniciar ainda neste mês de setembro, Manoel Simão alerta que existe o risco dele não ser pago. “Estamos preocupados com a pendência em relação as contrapartidas estaduais e municipais que podem impedir o recebimento do seguro pelos agricultores”.

Ele explica que o Governo do Estado já efetuou o pagamento de duas parcelas, faltando apenas a última. “O que mais preocupa são as prefeituras, porque apenas 40% dos municípios estão em dias e aptos a receber os recursos do Garantia Safra. Muitas não pagaram nenhuma parcela, outras pagaram apenas uma e outras chegaram a negociar e não pagaram”.

O valor do seguro gira em torno de R$ 700,00, divido em cinco parcelas. São contemplados agricultores, com renda de até 1,5 salários mínimos, de municípios que perderam, ao menos, 50% da produção.

O Governo do Estado decretou estado do emergência em mais de 200 cidades no Piauí. Cerca de 120 estariam recebendo auxílio de carros pipa.

Fonte: Cidade Verde