contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Escola que sofreu princípio de incêndio não tinha extintor

As chamas iniciaram no botijão de gás do fogão da cantina da escola no momento que a merendeira fazia o lanche dos alunos do turno da tarde

| quarta-feira, 23 julho , 2014

Dois dias após controlar um incêndio em uma residência no bairro Aerolândia a Base do Corpo de Bombeiro de Picos foi acionada para combater um princípio de fogo em uma escola. Essa ocorrência aconteceu no Morro da Macambira, na tarde desta quarta-feira (23).inced222

O princípio de incêndio ocorreu na Escola Municipal Francisco José de Araújo. O problema aconteceu no botijão de gás do fogão da cantina da escola no momento que a merendeira fazia o lanche dos alunos do turno da tarde.

No momento do incidente cerca de 120 alunos de 10 a 14 anos estavam em sala de aula. “A primeira providência imediata foi tirar todos os alunos da escola. Foi acionado o Corpo de Bombeiros. O Corpo de Bombeiros veio a escola em tempo hábil, apagou o fogo que não era não era tão alto, mas por envolver gás era um caso de risco”, disse o diretor a escola, Igor Carlos, iformando que todos os alunos e professores foram liberados.

A escola não contava com extintor de combate a incêndio. Para o Cabo, Sousa Júnior, do Corpo de Bombeiros o princípio de incêndio foi provocado devido ao desgaste na mangueira do botijão de gás. “Estava desgastada, com muitas rachaduras e isso foi o que propiciou o princípio de incêndio localizado no botijão de GLP”, finalizou.

Fonte: DiaaDia Picos