contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Em Picos, prefeito entrega reforma do prédio do SAMU

A obra que ficou orçada em torno de R$ 40 mil e contemplou a reforma e ampliação. A troca do mobiliário custou em torno de R$ 10 mil.

| sábado, 13 dezembro , 2014

O prefeito Kleber Eulálio (PMDB) juntamente com a secretária de Saúde, Ana Eulálio, entregou na noite de ontem, 10 de dezembro, a sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) totalmente reformada, com espaços climatizados, novas adequações em sua infraestrutura, além de mobiliários e moveis novos. Tudo isso visando garantir melhor conforto e segurança aos profissionais que atuam no local. samuwwewewe

A obra que ficou orçada em torno de R$ 40 mil também contemplou a reforma e ampliação do estacionamento coberto. Além dos reparos, a troca do mobiliário custou em torno de R$ 10 mil. A secretária municipal de Saúde, Ana Eulálio, destacou que a reforma foi realizada com recursos próprios do município,

“Foi feita toda a mudança da instalação elétrica do SAMU, fizemos toda a limpeza do prédio, os concertos necessários na infraestrutura física, adquiramos todo mobiliário novo, camas, geladeiras, conjuntos de sofá e Tv´s, de tal modo que hoje estamos entregando a esses servidores além de uma condição de mobiliários mais adequados e mais confortáveis ao desenvolvimento do trabalho na sede do SAMU”, destacou a secretária municipal de saúde, Ana Eulálio.

Conforme o prefeito municipal, Kleber Eulálio, havia uma urgência para oferecer o mínimo de condições para aqueles que trabalham na unidade poderem exercer suas atividades. “Nós estamos entregando essa reforma de acordo com as exigências da Secretaria Estadual de Saúde e o Ministério da Saúde para que nós possamos buscar cada vez mais equipar e melhorar a qualidade do serviço que nós prestamos a população através do SAMU”, frisou.

De acordo com a coordenadora geral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Rosa Dantas, o prédio todo está funcionando nas devidas normalidades que tem que ser para o conforto da equipe que tem plantão de doze horas.

Reportagem Marcos Valério