contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Estado – museu

Publicidade

Em acareação, suspeito muda depoimento

O suspeito acusou o delegado de oferecer vantagens em troca de informações sobre os autores da morte de Chico Ramos

| segunda-feira, 12 janeiro , 2015

Mais uma reviravolta nas investigações do caso Chico Ramos aconteceu após a realização da acareação entre Antônia Consuelo Rodrigues Ramos (viúva da vítima) e seu suposto amante Paulo Roberto. A acareação aconteceu no final da tarde desta sexta-feira, 09, e além dos suspeitos contou com a participação do delegado Madson Oliveira e de Maicon Luz advogado da viúva.morto chuicio

A mesma teve o objetivo de checar algumas acusações feitas por Paulo Roberto contra Consuelo. Segundo ele, a mesma seria a mandante do crime que vitimou Francisco Osvaldo Ramos da Silva, o Chico Ramos, no dia 31 de outubro de 2014, com o objetivo de ficar com os bens do casal.

Após a acusação feita na presença do Ministério Público, a viúva foi presa no dia 19 de dezembro na cidade de Pedra Branca (CE), onde passaria as festas de final de ano.

“Durante a acareação o senhor Paulo Roberto confessou durante a autoridade policial que mentiu quando fez a acusação contra a senhora Antônia Consuelo. Disse claramente, chorando, que somente a incriminou com medo de sofrer represálias na penitenciária, porém, questionado de quem seriam as mesmas ele não quis se manifestar”, afirmou Maicon Luz.

Ainda segundo o advogado, Paulo Roberto afirmou que recebeu promessas de ser transferido para seu estado de origem, o Pernambuco, mas também preferiu não se manifestar sobre a autoria das mesmas.

Durante a acareação Antônia Consuelo, prestou um novo depoimento onde trouxe novos detalhes sobre o caso, entre eles que Paulo Roberto e seu marido haviam discutido.

“O delegado tem mais duas linhas de investigação nas quais ele deve se aprofundar com o objetivo de elucidar o caso. Com base nessa acareação estarei entrando com o pedido de revogação de prisão temporária, pois não vislumbro mais a necessidade da prorrogação dessa prisão”, disse Maicon.

Paulo Roberto enviou para Consuelo uma carta em que pede perdão pelas acusações feitas. O mesmo será encaminhado à juíza Nilcimar Monteiro.

Fonte: Portal O povo