contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

DER inicia estudos para o plano de gestão das rodovias

O plano consiste em um levantamento de imageamento terrestre que visa obter informações geográficas, somado ao uso de tecnologia

Redação | quarta-feira, 8 fevereiro , 2023

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) iniciou nessa segunda-feira (06) um estudo para elaboração de um Plano de Gestão da Malha Rodoviária do Piauí. Ele consiste em um levantamento de imageamento terrestre que visa obter informações geográficas, somado ao uso de tecnologia, através de programas, equipamentos e metodologias.

A ideia é que o órgão possa dispor de um cadastro capaz de obter dados da malha rodoviária estadual. Na segunda-feira, houve uma reunião que marco o início do estudo, com a presença do diretor-geral do DER-PI, Leonardo Sobral e de diretores do Departamento de Engenharia, Manutenção e Conservação, além de demais técnicos do órgão.

A iniciativa tem como motivação principal mapear as rodovias do nosso estado com informação sobre as condições físicas. ” Normalmente a análise do estado atual de rodovias é efetuada de forma manual, sendo necessário o deslocamento de pessoas para verificação. Uma alternativa para agilizar esse processo é buscar a modernização através do uso de imagens via veículo equipado com ferramentas tecnológicas. Este trabalho apresenta uma metodologia de monitoramento remoto de rodovias, a partir de imagens e a aplicação de técnicas de processamento digital. A aquisição dessas imagens vai possibilitar a varredura de grandes áreas em curto espaço de tempo’’, explica Leonardo Sobral.

Em conjunto com as imagens adquiridas, são utilizadas técnicas de reconhecimento de padrões para extrair e identificar parâmetros em rodovia. Tudo realizado através de uma plataforma digital para organização e compartilhamento de informações geográficas produzidas, com destaque para aquelas sistematizadas pelo DER-PI.

Na prática, trata-se de um conjunto de mapas, acessados on-line, que cruzam informações fundamentais. “Precisamos expandir e melhorar a qualidade da nossa malha rodoviária para que as rodovias não fiquem tão sobrecarregadas. Trata-se do maior e mais completo acompanhamento sobre o estado geral das rodovias piauienses. Esses aspectos recebem classificações que vão nortear as futuras intervenções”, acrescenta o gestor.

Na reunião ficou evidente que as condições inadequadas representam um custo elevado para os transportadores de cargas e de passageiros. Assim, os resultados da atualização do Sistema Rodoviário Estadual (SNE), demonstram a urgência de estruturação de ações voltadas à melhoria das rodovias piauienses.

O domínio da malha rodoviária vai facilitar a obtenção de convênios com o Governo Federal, o que pode gerar captação de recursos, assim como uma correta aplicação.

Para além das informações a serem obtidas e a consequente formatação de um Plano de Gestão da malha rodoviária, os resultados vão contribuir para o surgimento de um Geoportal. “Vamos ter a possibilidade de disponibilizar em um ambiente centralizado e organizado, conteúdo cadastral. Teremos uma maior integração e um maior conhecimento do nosso espaço geográfico”, finaliza Leonardo Sobral.