contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Defesa Civil alerta para chuva intensa nas próximas 48h

Nas próximas 24h a 48h podem ocorrer volumes de chuva nos territórios dos Cocais e Carnaubais, além de episódios de chuva intensa no vale do Guaribas

Redação | segunda-feira, 26 fevereiro , 2024

O Centro de Gerenciamento de Riscos da Defesa Civil do Piauí divulgou nesta segunda-feira (26) um alerta para a possibilidade de volumes expressivos de chuva nas próximas 48h no Norte e Centro-Norte. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o estado tem 172 municípios com previsão de chuvas intensas.

De acordo com a Defesa Civil do Piauí, nas próximas 24h a 48h podem ocorrer volumes significativos de chuva nos territórios dos Cocais e Carnaubais, além de episódios de chuva intensa no vale do Guaribas.

“A Defesa Civil recomenda máxima atenção com essa possibilidade de eventos severos. Evite transitar por áreas de riscos, evite áreas abertas durante aproximação do temporal. Siga as recomendações da Defesa Civil do seu município”, informou o órgão.

Inmet

O Inmet, que divulga boletins diários sobre a previsão do tempo, informou que nas próximas 24h existe a possibilidade de chuva intensa em 172 municípios do estado que estão localizados na região Centro-Norte e Norte.

São 137 cidades que estão em alerta laranja, ou seja, pode chover entre 30 a 100 mm/dia, com ventos intensos de 60 a 100 km/h. Existe risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Em alerta amarelo, onde podem ocorrer chuvas de menos intensidade, estão 35 municípios do Centro-Norte, onde a previsão é de precipitações entre 20 a 50 mm/dia, e ventos intensos de 40 a 60 km/h.

Cuidados:

-Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda)
-Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
-Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

Fonte: Cidade Verde