contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner hemopi

Publicidade

Crise fecha mais de 900 postos de trabalho em Picos

O número de demissões no município de Picos cresceu 10% durante 2017 em comparação ao ano anterior, aponta Sintracs

| quinta-feira, 15 março , 2018

Resultado de imagem para marcos holanda picosO número de demissões em Picos cresceu 10% durante 2017 em comparação ao ano anterior. O percentual equivale a 938 demissões. O número surpreendeu o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Servidores de Picos (SINTRACS), que acredita que a mão de obra demitida provavelmente não encontrará postos de emprego este ano.

“Não tem como absorver o jovem que está chegando ao mercado de trabalho e também os que foram demitidos nos anos anteriores. É muita gente para o setor do comércio”, disse o presidente do SINTRACS, Marcos Holanda.

Mesmo com expectativa da abertura de novos empreendimentos, o sindicato não arrisca fazer projeções sobre o aquecimento da economia local.

A crise financeira tem afetado o país como o todo e provocado demissões em todos os setores. 2017 foi o terceiro ano consecutivo com perda de vagas formais. Entre 2015 e 2017, o país fechou um total de 2,88 milhões de postos.

Com o corte de vagas em 2017, o Brasil fechou o ano com um estoque de 38,29 milhões de empregos formais existentes. Esse é o estoque mais baixo desde o final de 2011, quando 38,25 milhões de pessoas ocupavam empregos com carteira assinada no país.

Fonte: Picos40graus