contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Chuvas fazem barragens importantes transbordar

Com um período chuvoso acima da media os principais reservatórios de água do Estado voltaram a ganhar vida

| terça-feira, 10 abril , 2018

Resultado de imagem para chuvas região de PicosCom um período chuvoso acima da media os principais reservatórios de água do Estado voltaram a ganhar vida. A chuva que caiu (e continua a cair) este ano foi suficiente para fazer transbordar boa parte das barragens piauienses, uma delas foi a do Jenipapo, localizada em São João do Piauí.

A barragem está acima do seu volume, que é de 250 milhões de metros cúbicos. O fato foi comemorado pelo superintendente de Recursos Hídricos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Romildo Mafra.

“Isso é importante para a revitalização do rio Piauí [que banha o município de São Raimundo Nonato]. Também fortalece a questão do lençol freático, boa para as matas ciliares. É um fato altamente positivo, principalmente para a perenização do rio”, explicou Romildo.

Das 35 maiores barragens do estado já transbordaram, por exemplo: Caldeirão (Piripiri); Emparedados (Campo Maior); Picacuruca (Piracuruca); Mesa de Pedra (Valença) e Poços (Itauieiras). “As que não sangraram estão acima de 80% de sua capacidade. Então 2018 está seguro”, garantiu o superintendente da Semar.

Salinas (São Francisco do Piauí) e Poço Marruá (Patos do Piauí) são dois dos reservatórios que estão com volume de água acima de 80%.

O ano 2018 contrastou com 2016 e 2017. O período chuvoso do ano passado, apesar de maior que o de 2016, não foi suficiente para suprir alguns dos principais reservatórios piauienses, fazendo com que, inclusive, cidades como Pedro II fossem obrigadas a passar por um rigoroso racionamento.

Até o mês novembro de 2017 a barragem de Joana, que abastece o município, estava com 3,28% (o que representa 350.000m3) de sua capacidade total, que é de 10.070.000m3.

Fonte: Portal AZ