contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Atraso do IPVA faz mais de 100 mil entrar na inadimplência

Os contribuintes com nome no Serasa estão sendo notificados por meio de correspondências entregues nas residências.

| quarta-feira, 6 janeiro , 2016

Cerca de 114 mil piauienses estão com nome no Serasa por dívidas com IPVA e ICMS. O procurador geral do Estado, Flávio Albuquerque, explica que os contribuintes que foram inclusos no cadastro de inadimplência tem débitos a partir ao ano de 2009 e que só recolhimento destes impostos atrasados de veículos automotores deve gerar em média R$ 1 milhão para o Estado, de acordo com balanço parcial de dezembro a janeiro.IPAZA

Os contribuintes com nome no Serasa estão sendo notificados por meio de correspondências entregues nas residências. Em caso de alguma falha, o contribuinte pode se dirigir à sede da procuradoria geral do estado, localizada na avenida Senador Área Leão, bairro Jockey Club, Zona Leste de Teresina, no horário de 7h às 13h.

“A comunicação com o contribuinte, inclusive, ocorre previamente à inclusão no Serasa. Além da procuradoria, a pessoa pode procurar também qualquer unidade de agência de atendimento da secretaria de Fazenda. O critério para se fazer a anotação no Serasa são os ultimos cinco anos de inscrição na dívida ativa. No caso do IPVA, no máximo o exercício referente ao ano de 2009”, explica.

Por outro lado, alguns contribuintes reclamam que tiveram o nome incluso no cadastro de inadimplência, mas não foram comunicados. Flávio Albuquerque aponta que a mudança de endereço é um dos fatores que pode ocasionar a situação e orienta que os contribuintes procurem uma das unidades, também para atualizar os dados da base cadastral.

O procurador ressaltou ainda que não é possível o parcelamento de débitos com o IPVA. “Porém, eventualmente, pessoas que tem veículos de alto custo e que consequentemente o IPVA é mais alto, a partir da segunda quinzena de janeiro, poderá fazer o parcelamento”, acrescenta.

Fonte:Cidadeverde.com