contato@webpiaui.com.br

Publicidade

Banner Pro sol

Publicidade

Alagoinha promove ação contra abuso de menores

Assistência Social realizou uma manhã de atividades visando conscientizar a população sobre a combate a este tipo de crime

| quinta-feira, 2 junho , 2016

Seguindo o calendário nacional que tem o 18 de maio como o dia de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, a secretaria municipal de Assistência Social de Alagoinha do Piauí (PI), comandada pela fisioterapeuta Geordânia Rocha, realizou uma manhã de atividades visando conscientizar a população sobre a importância de combater este tipo de crime.alagoinha1234dee7

Como o domingo acontece na sede do município a tradicional feira livre, a equipe da secretaria escolheu o dia 22 de maio para realizar uma panfletagem e orientar os alagoinhenses. Das 8h até às 11h as equipes da Assistência social, apoiadas por um carro de som, abordaram as pessoas que transitavam pelo centro comercial.alagoinha1234dee5

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.alagoinha1234dee2

No Brasil o “Disque 100”, criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Os dados mostram que, de março de 2003 a março de 2011, o Disque recebeu 52 mil denúncias de violência sexual contra este público, sendo que 80% das vítimas são do sexo feminino.alagoinha1234dee1

O Disque 100 funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100; e do exterior pelo número telefônico pago 55 61 3212-8400 ou pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br.

A intenção do 18 de maio é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta e proteger nossas crianças e adolescentes. A data reafirma a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil.

Fonte: Ascom