contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Agentes de Saúde participam de curso de educação popular

O curso teve como objetivo qualificar os agentes comunitários de saúde para se tornarem educadores populares em saúde

| segunda-feira, 20 janeiro , 2014

Entre os dias 13 e 16 deste mês foi realizada a primeira etapa do Curso de Educação Popular em Saúde onde capacitou 41 agentes comunitários de saúde do Território Vale do Guaribas. O curso foi uma realização da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp) e a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV).

rds

“O curso de educação popular em saúde teve como objetivo qualificar os agentes comunitários de saúde para se tornarem educadores populares em saúde, foi um curso que aconteceu de forma objetiva e clara, onde possibilitou a esses profissionais a possibilidade de estarem reinventando seu papel dentro da estratégia de saúde da família”, frisou Lara Emanueli, mediadora do curso.

Serão ao todo 534 ACS divididos em 11 turmas em todo Piauí, que serão formadas em relação às práticas educativas, de mobilização social, promoção da saúde e promoção da equidade, tendo como referencial político-pedagógico a Educação Popular em Saúde. A atividade teve como objetivo formar e capacitar os profissionais de saúde para utilização de novas metodologias e estratégias de atuação junto à comunidade.

“Agente espera que eles apliquem o conhecimento da educação popular em saúde na comunidade, modificando as práticas educativas, atuando mais na promoção a saúde e na prevenção, tudo respeitando a cultura da comunidade”, frisou Poliana Fontinele, educadora popular.

Foram quatro dias de curso, divididos em parte teórica e prática, sendo a segunda parte aplicada diretamente no desenrolar das atividades do agente comunitário de saúde. “O curso foi dividido em dois grandes momentos, o presencial que aconteceu durante essa semana e tem os momentos considerados on-line, onde os agentes comunitários de saúde, eu como mediadora e a educadora popular teremos acesso a uma plataforma onde iremos realizar as demais atividades, ou seja, o resto do curso vai acontecer de maneira a distancia”, ressaltou Lara Emanueli, mediadora do curso.