contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner Rout

Publicidade

Ação da STTRAM forma cidadão para o trânsito

Alunos do Centro Educacional Maria Gil, no Bairro Parque de Exposição participam de ações do projeto Trânsito Seguro

| quinta-feira, 23 agosto , 2018

Com o objetivo de educar crianças para promoverem um trânsito mais seguro como pedestres, ciclistas e passageiros, a Secretaria Municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana (Sttram) em parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), promove nesta quinta-feira,23, no Centro Educacional Maria Gil, localizada no Bairro Parque de Exposição, atividades do Projeto “Trânsito Seguro”.

Crianças da Educação Infantil participaram das atividades e aprenderam sobre a importância da gentileza no trânsito, noções de sinalização e de comportamento seguro.

A educadora municipal de trânsito, Talita Lima ressalta a importância de repassar orientações para as crianças. “Hoje estamos trabalhando com palestras e algumas atividades lúdicas para as crianças aqui da escola sobre educação para o trânsito e tem como objetivo socializar; conscientizar essas crianças para um trabalho educativo de trânsito para que futuramente elas possam demonstrar no trânsito tudo o que foi colhido aqui dentro em sala de aula com essas atividades interdisciplinares. Com isso, elas começam já de agora, enquanto crianças, na primeira infância, para que elas possam crescerem junto com essa consciência desenvolver, progredir essa consciência para o trânsito para que tornem-se adultos responsáveis.” destaca Talita Lima.

Na avaliação da diretora do Centro Educacional Maria Gil, Teresinha Damasceno, o Projeto faz com que as crianças não só aprendam, mas também, vivenciem situações cotidianas. “É uma alegria hoje receber o “Trânsito na Escola”. É um projeto que vem somar as nossas atividades do Centro. Passamos o mês de agosto já trabalhando porque é o mês que antecede setembro que é do trânsito. Com uma campanha dessas, com um projeto desses onde mostramos um vídeo, as ações realmente efetivam uma sensibilização e quando trabalhamos as crianças é o caminho certo porque a criança ela leva para os adultos, para os seus pais e já vai exercendo aquela sensibilização na comunidade; socialização de conhecimento e assim a coisa funciona realmente.” ressalta a diretora.