contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Sesapi pede que público prioritário tome reforço contra covid

Mesmo sem registros de casos no Piauí, os órgãos de vigilância da Sesapi estão em alerta e chamam a população para receber a dose de proteção

| quinta-feira, 7 dezembro , 2023

Seguindo recomendação da Nota Técnica Nº 83/2023, da Coordenação-Geral de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, do Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) orienta à população de 60 anos ou mais e imunocomprometidos acima de 12 anos de idade, que tenham recebido a última dose do imunizante há mais de 6 meses, que retornem aos postos de saúde e tomem mais uma dose da vacina bivalente.

Mesmo sem registros, no Piauí, de casos das duas novas sublinhagens de uma variante da Covid-1 – a JN.1 e a JG.3, que já circula pelo Brasil, os órgãos de vigilância da Sesapi estão em alerta e chamam a população para receber a dose de proteção.

“A vacinação é o principal meio de proteção contra a doença. Portanto, o fato de não termos casos dessas novas sublinhagens não quer dizer que devemos relaxar com a imunização, por isso, chamamos esse público específico para retornar aos postos de saúde e tomar mais uma dose da vacina bivalente”, lembra Cristiane Moura Fé, Diretora de Vigilância em Saúde, da Sesapi.

A Coordenação de Imunização da Sesapi destaca que está com o abastecimento das vacinas bivalente em dia e que, semanalmente, realiza o repasse aos municípios. “Todas as vacinas disponíveis atualmente no SUS são eficazes contra variantes que circulam no país, prevenindo sintomas graves e mortes, e a Sesapi está sempre abastecendo os municípios com os imunizantes enviados pelo ministério para que os mesmos realizem a vacinação da população”, destaca a coordenadora de Imunização da Sesapi, Bárbara Pinheiro.