contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Serviço de neurocirurgia do HRJL atendeu mais de 5 mil pessoas

Em dois anos foram efetuados 4.043 atendimentos de urgências, 1.223 internações, entre enfermaria e UTI, 342 cirurgias de urgência e sete eletivas

Redação | segunda-feira, 26 fevereiro , 2024

Há dois anos em funcionamento, o serviço de neurocirurgia do Hospital Regional Justino Luz (HRJL), em Picos, se tornou referência nos Territórios Piauienses dos Vales do Guaribas, Itaim, Canindé, Sambito. Neste período 5.615 procedimentos foram realizados.

Ao todo foram efetuados 4.043 atendimentos de urgências, 1.223 internações, entre enfermaria e UTI, 342 cirurgias de urgência e sete eletivas. Esses números revelam como a neurocirurgia da unidade de saúde garante mais rapidez nos atendimentos e tratamentos disponibilizados à população.

“O serviço de neurocirurgia é referência em toda a região de Picos, salvando vidas e com uma redução significativa de transferências, através da Regulação Estadual de Leitos, para os hospitais da capital e levando um serviço de ponta para mais próximo da população”, destacou o superintendente da Rede de Média e Alta Complexidade da Secretaria de Estado da Educação (Sesapi), Dirceu Campêlo.

Para a diretora do Justino Luz, Ana Lígia Meira, o serviço de neurocirurgia é uma conquista para o povo de Picos e da grande região, que passou a contar com atendimento neurocirúrgico diário, de excelência, e não precisa mais se deslocar para Teresina. “É muito satisfatório ouvir relatos de pacientes e acompanhantes sobre o bom atendimento neurocirúrgico nessa unidade hospitalar e que o problema de saúde foi solucionado mais próximo a seus domicílios, sem precisar ir a capital”, afirmou a diretora.

A coordenadora de neurocirurgia do Hospital Regional Justino Luz, Kassandra Nunes, lembra que o serviço de neurocirurgia melhorou a qualidade de atendimento aos pacientes e reduziu a mortalidade por traumas. “Hoje o hospital conta com plantão 24 horas de neurocirurgiões. Realizamos cirurgias que salvam vidas, inúmeros pacientes atendidos aqui voltaram para suas famílias, casos que não davam tempo chegarem com vida ate Teresina”, ressaltou.