contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Projeto ensina presas a produzir ovos de Páscoa em Picos

No período da Quaresma, um projeto fará a diferença na vida das reeducandas da Penitenciária Feminina Adalberto de Moura Santos, em Picos

Redação | domingo, 17 março , 2024

No período da Quaresma, um projeto fará a diferença na vida das reeducandas da Penitenciária Feminina Adalberto de Moura Santos, em Picos, o Páscoa que Liberta, é mais uma iniciativa da Secretaria da Justiça (Sejus) que visa proporcionar cursos de capacitação para mulheres do sistema prisional do Piauí. Desta vez, serão ofertados cursos de produção de ovos de Páscoa e derivados, além da produção de embalagens para comercialização dos chocolates que começa a partir da próxima segunda-feira (18) e seguem até a sexta-feira (22).

WhatsApp Image 2024-03-16 at 11.24.36.jpeg

Essa é uma forma de desenvolver ações socioeducativas com o intuito de promover a ressocialização das internas. A exemplo do que foi realizado no segundo semestre do ano passado, no mesmo local, com o curso de salgados e docinhos gourmet.

Com essa prática, é possível levar capacitação as reeducandas para o mercado de trabalho; contribuir para redução da pena, tendo em vista que as horas de curso incidem em dias a menos de cada uma na penitenciária; promover a ressocialização e autovalorização; e mostrar a importância da educação profissionalizante dentro do sistema prisional.

Redução da Pena

Vale lembrar que, conforme a Lei de Execuções Penais (LEP), a cada 12h de estudos, distribuídos em três dias de atividades, englobando cursos educacionais de natureza diversas, a exemplo dos profissionalizantes, a pena do detento (a) é reduzida em 1 dia. O projeto tem o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria da Justiça (SEJUS).