contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Mais de 400 mil pessoas se declararam pretas no Piauí, diz IBGE

No Brasil, a participação da população de cor ou raça amarela era de 0,43% em 1991, tendo passado para 0,42% em 2022, redução de 0,01% no período

| sexta-feira, 22 dezembro , 2023

Mais de 12% dos piauienses se declararam pretos no Censo 2022 realizado pelos Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em termos quantitativos são mais de 400 mil pretos no Piauí.

Em 1991, a população de cor ou raça preta apresentava uma participação de 5,6% em relação ao total da população no estado do Piauí, tendo crescido para 12,25% em 2022. O número representa um crescimento de 118,75% quando comparados aos número de 1991.

Em trinta anos, a população do Piauí cresceu 26,68%. Em 1991, a população do Estado era de 2.582.075 pessoas, agora os piauienses somam 3.271.199 pessoas.

No Brasil, 10,17% da população total se declarou preta nas entrevistas do Censo 2022. Em 1991, os pretos no Brasil representavam apenas 5% da população.

As informações de identificação étnico-racial da população brasileira, apresentadas pelo Censo Demográfico 2022, levam em consideração a autodeclaração dos entrevistados.

Em 30 anos, população indígena aumenta 2.100%

A população indígena em 1991 representava cerca de 0,01% do total da população do Piauí, tendo crescido sua participação para 0,22% da população em 2022, aumento de 2.100% no período. Em termos quantitativos, a população indígena passou de 316 pessoas em 1991 para um total de 7.202 pessoas em 2022, um aumento de 6.886 pessoas.

Contudo, cabe uma observação em relação a essa população considerada indígena em 2022, pois nas entrevistas do Censo Demográfico 6.198 pessoas (0,19%) autodeclararam-se efetivamente como de cor ou raça indígena 1.004 pessoas (0,03%) que residiam em áreas indígenas, apesar de terem declarado outra cor ou raça, afirmaram “considerar-se indígena”, razão pela qual foram incluídas no total daquela população, perfazendo um total de 7.202 pessoas (0,22%). No Brasil, a população indígena representava cerca de 0,2% do total da população do país em 1991 e passou a 0,8% em 2022.

Cor ou raça amarela

A população de cor ou raça amarela, aqui entendida como aquela de origem oriental (chinesa, japonesa, coreana etc), representava cerca de 0,03% do total da população do estado do Piauí em 1991, tendo passado para 0,09% em 2022, crescimento de 200% no período.

Em termos quantitativos, em 1991 havia no Piauí 780 pessoas de cor ou raça amarela, tendo passado para 3.078 pessoas em 2022, incremento de 2.298 pessoas. No Brasil, a participação da população de cor ou raça amarela era de 0,43% em 1991, tendo passado para 0,42% em 2022, redução de 0,01% no período.

Cidade Verde