contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Com oito clubes, Piauiense 2023 inicia dia 11 de Janeiro

Representantes de todos os clubes estiveram presentes, mas o que chamou atenção é que o Galo Carijó não teve membro da diretoria na reunião

Redação | quarta-feira, 9 novembro , 2022

O Campeonato Piauiense 2023 está praticamente definido. A competição irá iniciar no dia 11 de janeiro e mantem o mesmo formato de disputa desse ano com três fases – classificatória com 14 jogos, semifinal e final (ida e volta). Serão oito clubes brigando pelo título e principalmente as vagas nacionais – Altos, Parnahyba, 4 de Julho, Fluminense, Cori-Sabbá, Comercial, Ferroviário e River. Representantes de todos os clubes estiveram presentes, mas o que chamou atenção é que o Galo Carijó não teve membro da diretoria na reunião e sim o interventor Raimundo Lima.

“A CBF está negociando um patrocínio master para todos os campeonatos regionais. Eu devo estar quinta-feira no Rio de Janeiro e consigo trazer a informação mais concreta. Os outros pontos já estavam todos acertados e pela primeira vez tivemos um arbitral bastante tranquilo”, brincou o presidente Robert Brown.

Entre as novidades, a permanência da TV Cidade Verde como emissora responsável pela transmissão do Campeonato Piauiense, pelo terceiro ano consecutivo. Além disso, existe a possibilidade de um patrocinador master indicado pela CBF e com isso os clubes podem ter chances de receber algum patrocínio ou premiação em dinheiro na competição.

“Houve a renovação com a TV que vai transmitir e também uma nova plataforma de transmissão na internet. Basicamente foi para reforçar e cumprir os prazos, foi uma conversa bastante agradável hoje”, frisou o presidente do Altos, Warton Lacerda.

A reunião segundo os dirigentes ocorreu de forma tranquila e batido o martelo quanto a essas questões todos voltam suas atenções para montagem de elenco e apresentação, pois a competição em 2023 começa alguns dias antes desse ano. A maior preocupação é o River, que vive uma briga politica pela cadeira da presidência e teve o interventor Raimundo Miranda como representante e precisa definir a presidência para poder conseguir disputar o Estadual.

“Temos (preocupação), pois o River é uma das maiores forças do futebol do Piauí e a gente (FFP) está acompanhando, está junto, tentando um acordo. Conversei com todos os dois lados, tribunal, juiz e estamos tentando resolver. Acredito que nos próximos dias essa situação do River vai está resolvida”, acrescentou Brown.

O Campeonato Piauiense é o foco dos oito clubes, pois ele é responsável por distribuir as vagas nacionais do ano sequente. O campeão fica com vaga na Copa do Brasil e Copa do Nordeste além da Série D. O vice-campeão com Copa do Brasil e Série D e a última vaga de pré-copa do Nordeste fica com o melhor ranqueado do estado. O regulamento que deve ter alguns ajustes e a tabela da competição ainda serão divulgadas.

Por Pâmella Maranhão/ Cidade Verde