contato@webpiaui.com.br

Publicidade

banner mamba

Publicidade

Uespi divulga edital com mais de 2 mil vagas para o Sisu

Quem tiver interesse em concorrer em uma das vagas da Uespi, deve realizar a inscrição no site do Sisu de 16 a 24 de fevereiro de 2023

| terça-feira, 27 dezembro , 2022

A Universidade Estadual do Piauí (Uespi) divulgou edital e o quadro de vagas para o Sisu 2023.1 com a oferta de 2.425 vagas para 70 cursos. A divulgação foi realizada na edição do dia 26 de dezembro do Diário Oficial do Piauí.

Quem tiver interesse em concorrer em uma das vagas da Uespi, deve realizar a inscrição no site do Sisu de 16 a 24 de fevereiro de 2023. O resultado será divulgado já no dia 28 de fevereiro.

Confira aqui o edital e o quadro de vagas

Dessas vagas, 50% são para a ampla concorrência, enquanto os demais 50% serão para estudantes que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas da rede pública de ensino, com renda per capita de até 1,5 (um e meio) salários-mínimos.

A seleção dos candidatos às vagas disponibilizadas por meio do Sisu será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2022.

As vagas eventualmente não ocupadas ao final chamada regular referente ao processo seletivo serão preenchidas, posteriormente, por meio da utilização prioritária da Lista de Espera.

Alunos só vão estudar em 2024

No último dia 8 de novembro, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepex) da Uespi aprovou o cancelamento do período letivo 2023.1 para que ocorresse uma regulação do calendário acadêmico, que está atrasado devido à pandemia da Covid-19.

A decisão causou polêmica e a Uespi foi intimada a participar de duas audiências no Ministério Público, e a decisão acabou sendo revogada.

Foi mantido o ano letivo de 2023.1, mas os alunos só devem iniciar em 2024. De acordo com a Uespi, o calendário acadêmico só deverá ser ajustado em 2026.

A Universidade Estadual do Piauí também estuda o retorno do vestibular próprio como forma de ingresso na instituição. O tema já é discutido e isso implicaria no abandono do Sisu como única forma de seleção de novos alunos.

Por Bárbara Rodrigues/ Cidade Verde