Foi oficialmente aberto na noite desta terça-feira, dia 12 de junho, em Padre Marcos, o Arraiá da Boa Esperança, evento festivo e cultural promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, que no seu segundo ano já se consolida como um dos grandes eventos do interior do Piauí, entrando para o roteiro das festas juninas no Estado.

O Arraiá acontece paralelo aos festejos religiosos do município, que tem como padroeiro Santo Antônio, um dos santos símbolos das festividades juninas. O evento leva o nome de Boa Esperança em alusão a fazenda onde residiram os primeiros habitantes da região, dentre estes, o padre Marcos de Araújo Costa. O objetivo é manter viva a tradição cultural das festas juninas, uma das manifestações culturais mais expressivas no Nordeste brasileiro.

A primeira noite do evento foi marcado pelas apresentações culturais e pela disputa no Festival de Quadrilhas. Após a cerimônia de abertura, feita pelo prefeito José Valdinar da Silva, a pequena Nicole Alencar Dias, moradora da comunidade Caraíbas, surpreendeu ao tocar com uma sanfona a música Asa Branca, de Luiz Gonzaga. Em seguida, a quadrilha junina “Meu Xodó”, de Padre Marcos, fez sua apresentação.

Depois, foi a vez das quadrilhas visitantes apresentarem seus espetáculos de cores, alegria e coreografias. O concurso teve quatro concorrentes. De acordo com o corpo de jurados, a melhor apresentação foi feita pela junina ‘Verde e Amarelo’, de Picos, seguida da ‘Chamego Bom’, de Jaicós, e ‘Arrastapé dos Caipiras’, também de Picos. Como forma de apoio e incentivo, a Prefeitura Municipal premiou os grupos com troféus e dinheiro, sendo R$ 800 para o campeão, R$ 400 e R$ 300 para a segunda e terceira colocada, respectivamente.

O prefeito Valdinar parabenizou as quadrilhas pela apresentação. “Estão todos de parabéns pelas apresentações e, principalmente, por contribuírem para mantermos viva essa tradição cultural tão bonita e importante. As quadrilhas engrandecem e dão brilho ao nosso Arraiá.”, disse.

Em sua fala, o gestor destacou o olhar que a sua administração tem tido para a cultura popular. “Abrimos os festejos no dia 31 de maio com o Festival de Repentistas, com a participação de grandes nomes meio artístico na região Nordeste; tivemos, também, a grande cavalgada e a missa do vaqueiro, homenageando o homem do campo, eles que representam muito bem a nossa região; e hoje estamos realizando o festival com as quadrilhas juninas, um momento muito esperado por todos. O nosso objetivo é valorizar a nossa cultura popular, as nossas raízes, o que é nosso, o que é bom.”, pontuou.

O secretário de Educação, Eraldo Carvalho, fez uma avaliação positiva do primeiro dia do Arraiá. “Começamos muito bem com as apresentações culturais, com o Festival de Quadrilhas e a presença de muitas pessoas de Padre Marcos e da região. Resgatamos essa festa cultural no ano passado e já notamos o seu crescimento.”, disse, destacando, sobretudo, a alegria da população. “A gente sente que Padre Marcos está alegre com essa festa que está movimentando a nossa cidade juntamente com os festejos, aquecendo a economia local e proporcionando lazer e entretenimento para a população. Hoje, a gente percebe que a autoestima do nosso povo está elevada.”, disse.

Além das apresentações culturais, o que também ganhou destaque no evento foi a beleza da Praça do Abrigo. O espaço recebeu ornamentação temática com uma riqueza de detalhes que chamou a atenção do público que prestigiou a primeira noite das festas juninas de Padre Marcos. Ao alto, é possível notar a imagem da bandeira do Brasil feita em bandeirolas, em alusão à Copa do Mundo.

A programação do Arraiá da Boa Esperança segue nesta quarta-feira, 13, junto com a programação religiosa do festejo de Santo Antônio. Às 15h30, no Estádio Municipal ‘Macedão’ acontece a final do Campeonato Municipal de Futebol Amador entre os times de Riacho do Padre e Caititu. A entrada da partida custa um quilo de alimento não perecível, e após o jogo serão sorteados mais de dez brindes entre os presentes.

A noite, às 18h, em frente à Igreja Matriz, acontece a Missa Solene da 104ª festa de Santo Antônio, que será presidida pelo bispo diocesano de Picos, Dom Plínio José, seguida da procissão com a imagem pelas ruas da cidade.

Em seguida, na Praça do Abrigo, acontecem os shows de forró com três grandes atrações – Dorgival Dantas, Cizinho e Forró Bandido, e Lamarck e Akangaia. Para ter acesso ao espaço do evento, cada pessoa deverá trocar o quilo de alimento pela credencial, uma pulseira padronizada. A troca de alimentos para os shows está sendo realizada de forma antecipada na Secretaria Municipal de Assistência Social, no horário de 8h às 12h e das 14h às 17h, e poderá ser realizada também no momento da festa. A ideia do Governo Municipal foi associar a diversão com a solidariedade. Todo o alimento arrecadado será distribuído para famílias carentes do município.

Verde e Amarelo, quadrilha campeã

Chamego Bom, vice-campeã