Brasil tem condições de iniciar vacina entre 22 e 27

O governador, Wellington Dias, afirmou que o Brasil tem condições de iniciar a vacinação contra a covid-19 entre 22 e 27 de janeiro

/ terça-feira, 12 janeiro , 2021

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), afirmou que o Brasil tem condições de iniciar a vacinação contra a covid-19 entre 22 e 27 de janeiro, caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize o uso emergencial do imunizante até o dia 20. No dia 8, tanto a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como o Instituto Butantã fizeram o pedido, respectivamente, de uso emergencial da vacina de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca e da Coronavac, vacina desenvolvida pela chinesa Sinovac.

“O Ministro da Saúde já tem condições hoje de apresentar a data de início da vacina. É a data mais esperada de 2021, a data para iniciar a vacinação nos 27 estados. Temos condições concretas de começar entre 22 de janeiro a 27 de janeiro, em uma dessas datas. Será um trabalho feito no Brasil inteiro pelo Plano Nacional de Imunização sob a coordenação do ministro Pazuello”, afirmou o governador.

O prazo, de acordo com o governador, dependerá da Anvisa, que teria até o dia 20 para se posicionar.

“Fechamos a semana passada com boas notícias. A primeira foi o pedido emergencial na Anvisa por parte da Fiocruz com AstraZeneca e também do Butantã com a coronavac, a partir dali – 8 de janeiro- nós temos dez dias para a Anvisa se posicionar. Esperamos isso até 20 de janeiro. São vacinas conhecidas. Com base nisso, o Ministério da Saúde já vinha preparando uma estrutura para, a partir do aeroporto de Guarulhos, fazer a distribuição para todo o Brasil”, declarou.

Nesta terça-feira, 12, uma reunião às 15h entre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, governadores e autoridades em saúde será decisiva para o início da vacinação.

“Nós temos uma agenda amanhã, que pode ser uma agenda histórica, quando as principais autoridades envolvidas sobre esse tema da vacina estarão reunidas”, destaca Wellington Dias.

Com a previsão de datas se confirmando, o governador acredita que mais de 90 milhões de brasileiros devem se vacinar até abril. “A meta é que até abril termos no país 96 milhões de pessoas vacinadas. Isso terá um efeito extraordinário tanto no adoecimento como na rede hospitalar. É para ser uma reunião decisiva”, disse.

Profissionais da saúde e idosos com mais de 75 anos devem ser os primeiros a serem vacinados no país.

“Estamos atrasados, a orquestra desafinada e é isso que a gente tem que organizar. A ideia de colocar o ministro da Saúde como maestro é para evitar os problemas que já vivenciamos: a fase das internações, respiradores. Veja o tanto de problema que gerou com essa desorganização. Perdemos muitas vidas e outras ficaram com sequelas deste descompasso. O Brasil tem a chance, mesmo atrasado, de ter um calendário”, finalizou.

Cidade Verde

banner megalink Banner Posto Dois Amores

Vídeo Veja mais

Robson Rocha faz segunda live, confira como foi

O grande show ao vivo aconteceu no domingo (19/07) e foi transmitido través do canal oficial do artista no YouTube

banner serão motos peças Comercial Ivan banner datapicos Banner Jerry

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web