Servidores só terão perdas da inflação, diz líder do governo

O reajusta vai beneficiar servidores da Educação, Justiça, Segurança, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e procuradores do Estado

/ sexta-feira, 8 junho , 2018

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Piauí, Francisco Limma, disse nesta sexta-feira (8) que o governador Wellington Dias só dará o aumento para servidores das Secretarias de Educação, Justiça, Segurança, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e procuradores do Estado referentes a reposição da inflação. O projeto que autorizou o reajuste foi vetado pelo chefe do Executivo, mas derrubado pelos deputados.

“A lei eleitoral só permite a reposição da inflação. O governador vai implantar o que é legal e o restante fica para depois do período eleitoral. Não dá para fazer as coisas de forma ilegal. O governador vai agir dentro da legalidade”, disse o parlamentar.

De acordo com o deputado, a lei deve ser promulgada em 48 horas. Ele justificou o veto do governador. Ele teve que vetar por conta da LRF.

“A Assembleia tem uma compreensão de que isso poderia ser sancionado. O governo liberou a bancada para votar como quiser e governo e oposição derrubaram o veto. Agora o governo terá 48h para promulgar a lei”, explicou.

A mensagem 33 garante aos professores de educação básica aumento de 6,81% e de 3,95% para o pessoal técnico e administrativo da Secretaria de Educação, enquanto a mensagem 34 assegura reajuste de 3,95% para os policiais militares, bombeiros militares, policiais civis, agentes penitenciários e procuradores do Estado.

Por Hérlon Moraes
Cidadeverde.com

Dr. kim

Vídeo Veja mais

Ta Rocheda – Mariozan Rocha – DVD Buteco da Paixão

Para marcar essa nova fase, o sertanejo acaba de gravar o primeiro DVD profissional de sua carreira, intitulado “Buteco da Paixão”

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web