Piauí deverá ter safra recorde de grãos em 2020

A soja é o principal produto da agricultura piauiense, com cerca de 52% da produção, seguido do milho com cerca de 42%

/ quarta-feira, 12 fevereiro , 2020

No primeiro prognóstico de 2020, a produção total de grãos esperada para o Piauí é um recorde na série histórica, da ordem de 4,89 milhões de toneladas. Isso representa um aumento de 10,84% em relação à safra obtida em 2019, que foi de 4,42 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (11), pelo Instituto Brasileiros de Geografia e Estatística (IBGE).

A soja é o principal produto da agricultura piauiense, com cerca de 52% da produção, seguido do milho com cerca de 42%.

Veja como devem se comportar as principais colheitas:

Soja: o prognóstico é de que a safra atinja 2,56 milhões de toneladas de grãos em 2020, um aumento de 10,15% em relação a 2019, quando atingiu 2,32 milhões de toneladas;

Milho: a expectativa é de uma safra da ordem de 2,07 milhões de toneladas, um aumento de 12,85% em comparação ao colhido em 2019, que foi de 1,83 milhões de toneladas;

Feijão: espera-se uma safra de cerca de 100 mil toneladas, um crescimento de 28,22% em relação ao obtido em 2019, que foi de cerca de 78 mil toneladas;

Arroz: estima-se uma safra da ordem de cerca de 97 mil toneladas, um aumento de 23,86% comparado à produção de 2019, que atingiu cerca de 78 mil toneladas;

Algodão: o prognóstico aponta para uma safra de cerca de 48 mil toneladas, crescimento de 26,64% em relação ao ano de 2019 quando a safra atingiu cerca de 38 mil toneladas.

A produção dos cerrados piauienses representa cerca de 90,62% da produção total do Estado, o que equivale a aproximadamente 4,44 milhões de toneladas de grãos.

Os municípios que mais se destacam na produção de soja são: Baixa Grande do Ribeiro (26,82% da produção total), Uruçuí (19,21%) e Ribeiro Gonçalves (10,23).

Na produção de milho, os municípios que mais se destacam são: Uruçuí (22%), Baixa Grande do Ribeiro (14,54%) e Bom Jesus (11,43%).

Dentre as culturas permanentes, destaca-se a castanha de caju com uma produção estimada de 23.833 toneladas para este ano, um crescimento de 10,18% em relação a 2019, quando houve uma produção de 21.631 toneladas. No tocante à área a ser colhida, há o prognóstico de incremento de 2,46% em relação ao ano anterior, quando a produção foi obtida em 71.098 hectares.

Cidade Verde

banner megalink banner shopping Banner Posto Dois Amores

Vídeo Veja mais

Confira o sorteio do Prêmio Facim de Picos – 16/02

Os sorteios do Facim acontecem todos os domingos ao meio-dia com transmissão ao vivo pelas redes sociais e rádios de Picos

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web