Ministério dispensa licitação para compra de vacinas

O Ministério da Saúde dispensou licitação para compra das vacinas Covaxin, da Índia, e Sputnik V, da Rússia. O objetivo é dar mais agilidade

/ domingo, 21 fevereiro , 2021

O Ministério da Saúde dispensou o uso de licitação para compra das vacinas Covaxin, da Índia, e Sputnik V, da Rússia. O objetivo é dar mais agilidade ao processo de aquisição desses imunizantes.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é vacina-moderna-2323.jpg

A compra ainda depende da aprovação para uso emergencial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

No total, serão disponibilizadas para a população 10 milhões de doses da Sputnik V e 20 milhões da Covaxin.

As entregas devem começar em março e deverão seguir o seguinte cronograma:

Sputtnik V

Março: 400 mil

Abril: 2 milhões

Maio: 7,6 milhões

Total: 10 milhões de doses

Covaxin

Março: 8 milhões

Abril: 8 milhões

Maio: 4 milhões

Total: 20 milhões de doses.

O investimento previsto é de R$ 639,6 milhões na vacina russa e R$ 1,614 bilhão na vacina da Índia.

Fonte: Agência Brasil

Banner Posto Dois Amores banner megalink

Vídeo Veja mais

Veja como foi a live do “Carnafeijão” 2021

Vários artistas se apresentaram na Live do 'Carnafeijão' 2021, evento organizado pelos Casais Paroquianos de Nossa Senhora dos Remédios

banner serão motos peças Comercial Ivan Banner Jerry banner datapicos

© 2013 Webpiaui - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web